Adivinha como Schwarzenegger ganhou seu primeiro milhão?

Para construir riqueza às vezes é necessário começar com o mais básico

Adivinha como Schwarzenegger ganhou seu primeiro milhão?

Todo mundo conhece e já ouviu um pouco da história do ator Arnold Schwarzenegger.

Ele começou participando de concursos fisiculturistas, virou mister universo, transformou-se em ator de filmes de muito sucesso e depois se elegeu governador da California.

Entretanto, um pequeno detalhe passou despercebido para muitos de nós – a trajetória que Arnold percorreu quando chegou nos EUA para ganhar seu primeiro milhão de dólares.

Tudo começou com pequenos torneios de fisiculturismo, logo alguns dólares foram conquistados. Logo depois Arnold e um amigo abriram uma pequena empresa de construção.

Quando conseguiu juntar US$ 27.000 fez seu primeiro investimento em imóveis, comprou 6 unidades – deduzimos que comprou com um generoso financiamento. Reformou e vendeu com um lucro de US$ 169.000.

Depois comprou um imóvel com 27 unidades, reformou e vendeu com lucro. Novamente comprou um imóvel com 50 unidades e … vendeu com lucro. E assim, Arnold conseguiu seu primeiro milhão de dólares. Quem diria.

Gosto muito dessa história porque Schwarzenegger tinha um claro objetivo. Ele prometeu para si mesmo que não faria nenhum tipo de trabalho só para sobreviver. E não se importou em começar com o mais básico dos serviços da indústria de negócios imobiliários, a construção.

E a partir daí, fez uma série de negócios de forma a aumentar seu patrimônio líquido. E isto possibilitou a ele a liberdade de tentar suas carreiras de fisiculturista e cinema.

Começo agora ou espero um pouco?

E por isso que gosto também desta história a seguir. Recebi este e-mail do Marcos, assinante que mora no interior de São Paulo.

“Eu e minha esposa construímos uma casa de 140 m2 com o intuito de vender. Logo que ficou pronta conseguimos vendê-la, no final de 2014. Muitas casas na mesma região estão “encalhadas”, há mais de ano à venda. Visitamos várias e acredito que nosso sucesso na venda rápida foi devido à qualidade dos materiais utilizados, ao bom desenho do imóvel e ao preço pedido.

Pretendemos continuar com esta atividade de construir para vender. Até agora praticamente não houve queda nos preços de terrenos na região, comparando-se com o ano passado. E também há muitas casas novas à venda. Se bem que, como disse anteriormente, muitas são mal construídas e com acabamento ruim, di fíceis de vender.

Alguns corretores da região dizem que a venda de terrenos ainda está ocorrendo, mas a venda de casas caiu bastante. Minha esposa, mais otimista, gostaria de começar já a nova casa. Eu, por outro lado, tenho minhas dúvidas, devido à situação econômica geral e alterações nos programas de financiamento.

Em resumo, qual sua opinião: construímos um imóvel agora, com diferencial em relação aos demais, que poderá ser colocado à venda no início de 2017, ou aproveitamos a atual boa remuneração da renda fixa e deixamos para iniciar a obra em 2017 (ou depois…)? ”

Minha opinião é muito simples, Marcos. Eu iria em frente com a construção de uma nova casa. Ao melhor estilo do Schwarzenegger, existe todo o incentivo para você encarar esta transação como um segundo passo na sua jornada com negócios imobiliários para você crescer seu patrimônio líquido a taxas incríveis que não estão disponíveis em aplicações financeiras.

Botão Red3

Conteúdo PRO

E quais são as razões técnicas e conjunturais?
Já ouviu falar de investimento em garagens?

 

Conteúdo relacionado