Como não fechar um negócio imobiliário

Possui um imóvel? Saiba o que fazer

Como não fechar um negócio imobiliário


Caro Leitor,

Durante uma conversa de bar com um amigo, ele reclamou do “calvário” que está passando para achar uma casa nova. Ele comentou sobre uma visita com um corretor, que foi mais ou menos assim:

– Neste condomínio tem internet rápida? É importante para que eu possa poder trabalhar em casa de vez em quando.

– Hummm, não sei direito. Acho que sim.

– Eu vi que esse chuveiro não tem ligação elétrica. É a gás?

– Hmmm, acho que é gás sim.

– E esses furos que tem em todos os quartos, o que é isso?

– Hmmm, não tenho certeza, acho que é para ar condicionado. Ah lembrei, esta casa tem aquecedor solar para o chuveiro.

– Nunca usei aquecedor solar, o que acontece com o chuveiro quando não tem sol?

– Hmmm, não sei direito, mas nunca ouvi reclamação.

E a visita foi “boa” assim até o final. A corretora imobiliária também não mostrou nenhuma intenção de buscar as informações faltantes.

Se alguém entende só um pouquinho de vendas, sabe que se a pessoa vai comprometer até 30% de sua renda em uma despesa (no caso, para o aluguel do apartamento) é inaceitável ficar sem saber absolutamente todas as respostas.

Três perguntas não respondidas em uma visita é cartão amarelo. Não se colocar à disposição de ir atrás das informações é cartão vermelho.

Meu amigo já avisou que não quer mais perder tempo visitando casas com essa corretora.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

O que o dono do imóvel pode fazer I

Nesta história toda quem mais saiu perdendo foi o dono do imóvel. O coitado nem sabe que perdeu mais uma oportunidade de alugar o imóvel.

Um recurso fácil seria o proprietário estar sempre presente nas visitas. Mas isso pode ser exaustivo e às vezes simplesmente inviável.

Uma solução criativa é criar um folheto com todas as informações que você consiga pensar sobre o imóvel. Mande para os seus corretores e deixe uma cópia plastificada à vista na casa.

Mas não se iluda, porque esta solução não vai ser suficiente para todos os casos. Vai existir aquele corretor que não sabe da existência ou não percebeu que o folheto está disponível no imóvel. Pode contar com isso.

Assim a seleção adequada de corretores fica mais importante para ter sucesso na comercialização.

Muitas vezes o proprietário aceita a listagem de todos corretores que aparecem. Essa estratégia pode ser perigosa, porque seu imóvel pode aparecer várias vezes na mesma busca de internet e, acredite em mim, perde um pouco do caráter de exclusividade.

Um comprador ideal na mão de um corretor errado resulta em um desastre de qualquer forma. Então é melhor esperar até que esse comprador ideal caía nas mãos do corretor certo.

Minha opinião é que os corretores mais interessantes para negócios de um só imóvel são os especialistas no bairro e naquele imóvel especifico. Às vezes o corretor já alugou e vendeu tantos imóveis naquele condomínio que ele sabe absolutamente todos os detalhes. Pergunte para porteiros e vizinhos e procure essa empresa.

Outro tipo de corretor a ser valorizado é aquele que chama toda a equipe para conhecer o imóvel e para fazer um tour com o proprietário. Mostra que está engajado em entender o imóvel para vendê-lo com mais propriedade.

Conteúdo relacionado