Sete fundos obscenos

Levantei rapidamente no Quantum Axis 185 fundos “obscenos” na indústria brasileira – todos com taxa de mais de 3,33% ao ano.

Compartilhe:
Sete fundos obscenos

“De caro a obsceno” – escreveu o analista da Morningstar, em linguagem nada moderada. Era a avaliação da maior provedora de dados de fundos do mundo sobre o Granum Value Fund, quando seu gestor decidiu elevar os custos máximos do investidor com o produto de 1,83% para 3,33% ao ano.

Soube da história por David Swensen, um dos mais renomados alocadores de fundos do mundo. Em seu livro para investidores individuais, ele aponta os custos altos como uma das “fontes óbvias de fracasso de fundos”.

Quem me dera as taxas de tal patamar fossem tão incomuns do lado de cá do Equador a ponto de virar capítulo de livro. Levantei rapidamente no Quantum Axis 185 fundos “obscenos” na indústria brasileira – todos com taxa de mais de 3,33% ao ano. Listei abaixo alguns deles:

1. BB AUTOMÁTICO FIC RENDA FIXA CURTO PRAZO

Com taxa de 3,7% ao ano, pode ser onde cai o seu dinheiro que fica parado na conta do Banco do Brasil. Repousam nesse fundo 15,9 bilhões de reais. Desde que foi criado, em 1994, rende 31,68% do CDI.

2. CAIXA PRÁTICO FIC RENDA FIXA CURTO PRAZO

A taxa de 5% ao ano fez esse fundo da caixa render apenas 21,56% do CDI desde que foi criado, em 1995. Isso não impede, entretanto, que ele tenha 14,1 bilhões de reais de patrimônio.

3. BRASILPREV RT FIX FIC RENDA FIXA

Esse é um fundo acessado por planos de previdência – pode ser que recheie seu PGBL ou VGBL – com taxa de 3,4% ao ano. É o destino de 4,67 bilhões de reais de futuros aposentados.

4. BRADESCO HIPERFUNDO FIC RENDA FIXA REFERENCIADO DI

Sob a justificativa de que sorteia prêmios, esse fundo cobra 2,9% ao ano dos clientes. Tem 2,8 bilhões de reais em patrimônio.

5. ITAÚ FIC REFERENCIADO DI

Esse é menor do que os companheiros – com 919 milhões de reais investidos –, mas a taxa não é nada mais leve: 4% ao ano.

6. SANTANDER CLASSIC FIC RENDA FIXA REFERENCIADO DI

Anote esta taxa: 5% ao ano – para investir em títulos públicos e privados. Os maiores gestores de multimercados brasileiros, como Adam, Verde e SPX, cobram bem menos – 2% de administração mais 20% sobre o que exceder o CDI – para ir bem além da renda fixa brasileira, selecionando ações e moedas em todo o mundo.

7. BANRISUL SUPER FI RENDA FIXA

De super, só a taxa: 4,5% ao ano.

Cota Cheia

Passemos aos decimais. Cota Cheia para o BTG Pactual Digital que lança nesta semana o fundo mais barato para alocar sua reserva de emergência, com taxa de 0,1% ao ano, e aplicação mínima de 500 reais.

Para os apegados à liquidez, resgates pedidos até 15h30 caem na conta no mesmo dia.

Cota Murcha

Não é só de fundos de renda fixa que vive o Brasil dos “obscenos”. Que tal o Bradesco FIC Ações com taxa de 4% ao ano?

É óbvio que com todo esse custo não deu para bater o Ibovespa. Desde que foi criado, o fundo ficou 744 pontos percentuais atrás do principal índice da Bolsa brasileira.

O Bradesco FIC Ações tem 461 milhões de reais de 790.092 cotistas – de longe a pior forma de você investir em ações.