A gente vai se ver na Globo

A TV Globo transmitirá a votação do pedido de impeachment de Dilma. Há uma câmera em cima do muro, e todos estarão de Big Brother.

Compartilhe:
Enviar link para o meu e-mail
A gente vai se ver na Globo

00:08 - Deixa meu samba te levar

Vai pintar na telinha.

A TV Globo transmitirá a votação do pedido de impeachment de Dilma.

Ao vivo e a cores.

A programação rotineira será interrompida pela emissora – seja qual for o dia (17) da sessão.

Decisões aparentemente singelas como essa acabam reforçando o cenário do impeachment.

Há uma câmera em cima do muro, e todos estarão de Big Brother

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

01:15 - Vem nessa pra gente brincar

Bolsa disparando, Pré derretendo, dólar para baixo.

Impeachment volta a ser tratado como cenário-base.

O PT começa a entender uma coisa importante:

O oposto do impeachment de Dilma não é o impeachment de Temer.

O oposto do impeachment de Dilma é o não-impeachment de Dilma.

E absolutamente ninguém (a não ser a própria Dilma) quer o não-impeachment de Dilma.

02:22 - Eu tô no ar, tô globeleza

Quando falo em “absolutamente ninguém”, acho que posso incluir na lista Rodrigo Janot, procurador-geral da República.

“O momento da nomeação, a inesperada antecipação da posse e a circunstância muito incomum de remessa de um termo de posse não havida à sua residência reforçam a percepção de desvio de finalidade”, escreveu Janot em seu parecer.

O Mercado e a Sociedade ficam contentes quando a interpretação do Direito se encontra com o senso comum.

No fim das contas, a hermenêutica deveria servir para isto: tornar simples o que é simples, avisar que o rei está nu.

O Direito, o Mercado e a Sociedade começam a pensar da mesma maneira.

Um bom agouro para quem sonha com a reunificação do País.

03:29 - Eu tô que tô legal

Em seus primeiros meses de governo (obviamente, supondo a posse), Temer terá o benefício de colocar – merecidamente – a culpa dos problemas econômicos em Dilma.

Assim como Macri faz – também merecidamente – na Argentina.

Essa terceirização será útil num contexto que demandará várias reformas estruturais, aprovadas rapidamente.

Com um pouco de sorte, é provável que Temer colha também o benefício retardado de um processo deflacionário (ou, mais precisamente, desinflacionário).

IPCA de 0,43% em março veio mais magro do que o esperado.

Crescem as apostas de corte da Selic no segundo semestre.

Tombini é quem vai sentir esse gostinho doce na boca? Creio que não.

04:26 - Pra embalar a multidão

Se você gosta de ler o M5M, imagino que aprecie a ideia de receber diariamente uma newsletter de recomendações financeiras.

Saiba, então, que a Empiricus publica também o Daily PRO toda manhã, antes da abertura do mercado.

O Daily PRO sintetiza as opiniões mais quentes de nosso time de análise.

Veja aqui como obter acesso a essa segunda newsletter, que é o pão de cada dia para todos os assinantes da Empiricus.

Links Recomendados

.: Negócios e política, uma mistura explosiva
.: Todos nesta avenida querem controlar o seu dinheiro...
.: Espresso Financista: Petróleo em queda e prisão de marqueteiro do PT roubam a cena

Conteúdo exclusivo para quem é PRO

.: Um grande movimento (exclusivo PRO)
.: Apanhando de duas formas (exclusivo PRO)
.: Por trás dos números (exclusivo PRO)

Por R$ 12,90 ao mês você tem acesso a todo o conteúdo.

Adquira o conteúdo completo

Conteúdo recomendado