A máquina pública

Precisamos agora de um Plano Marshall, encabeçado por Michel Temer

A máquina pública

00:07 - Atualizando o sistema

Relatório Focus continua mostrando retração para o IPCA de 2016, agora previsto em 7,31%.

Sem coincidências, o câmbio esperado para fim de ano também vai recuando, em R$ 4,15.

Curioso, porém, que se mantenha tão acima deste novo dólar de impeachment pulando na sua tela, a R$ 3,64.

Será que o Focus está desatualizado?

Ou o câmbio atual é que se atualizou demais da conta?

Saberemos a resposta dentro de alguns meses, com impeachment consumado e nova alta dos juros americanos.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

01:18 - Aguardando liberação

Juros americanos definitivamente voltaram à pauta.

PIB acima do esperado nos EUA já deu aval.

Agora o jeito é aguardar o Relatório de Emprego de março, agendado para sexta-feira.

Nada se move no mundo até que o Fed se mova primeiro.

Normalização dos juros americanos – feita gradualmente – pode sair melhor do que a encomenda.

Para que o pós-impeachment realmente funcione por aqui, dependemos dos outros também.

02:25 - Encaminhe ao setor responsável

Sobre relações de mútua dependência, PMDB parece enfim preparado para desembarcar.

Amanhã, no Dia D, logo antes que a nau do Governo Dilma afunde.

Mais uma evidência de que o impeachment de facto ocorre antes que o impeachment de juri.

Nossa Normandia é logo ali.

Precisamos agora de um Plano Marshall, encabeçado por Michel Temer.

Reconstruir terra arrasada, reconquistar confiança e atrair dinheiro gringo.

Feito rapidamente, pode sair melhor do que a encomenda.

03:21 - Dirimindo as dúvidas

Ouço investidores opinando; investidores românticos há muito calados.

Uma vez decretada a saída de Dilma, todas as dúvidas acabariam para o mercado.

Isso é ingênuo – algumas dúvidas acabam, outras começam.

Não se trata de um problema.

Bolsa, juros e câmbio se alimentam de dúvidas, elas constituem a própria razão de ser do financismo.

Todo o dilema da precificação está na qualidade dessas dúvidas, não na quantidade.

Depois do Dia D, que venham bater à porta as melhores incógnitas.

Quero voltar a falar de Economia.

04:29 - Número de protocolo

Esqueça a burocra, por um instante.

Tempos extraordinários exigem medidas extraordinárias.

Estamos concedendo hoje a possibilidade de os assinantes da Empiricus acessarem todos os nossos serviços Premium, por meio de uma condição única.

Ao início do dia, fui agraciado com 500 Premium Pass para distribuir aos colegas.

Esses 500 são mais do que eu tenho agora e bem mais do que terei dentro de poucas horas.

Quer um? Clique aqui.

Links Recomendados

.: Espresso Financista: Expectativa de desembarque do PMDB pauta mercado
.: Startups invadem o setor financeiro
.: “Com duas semanas de preparo já obtive lucro, graças às recomendações.”

Conteúdo exclusivo para quem é PRO

.: De grão em grão (exclusivo PRO)
.: O banco mais barato (exclusivo PRO)
.: Hora do strip (exclusivo PRO)

Por R$ 12,90 ao mês você tem acesso a todo o conteúdo.

Adquira o conteúdo completo

Conteúdo relacionado