A ponte é para atravessar

Há boa razão para o Plano Temer se chamar “Uma Ponte para o Futuro” e não simplesmente “Um Futuro”.

A ponte é para atravessar

00:08 - 35’ do 2º tempo

Bolsas internacionais em alta, precificando o discurso amistoso de ontem da presidenta do Fed, Janet Yellen.

Algumas presidentas importam mais do que outras.

Yellen continua projetando dois aumentos de juros em 2016, embora um pouco mais inclinada a fazer ambos no 2º semestre.

Combustível no tanque do investidor gringo.

Aliás, aquele estrangeiro que ainda não entrou em Brasil também não vai entrar agora, pouco antes do juiz apitar o final da partida.

Gringos coxinhas vão esperar pelo fato consumado.

E eles têm seus motivos.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

01:18 - Gastando por conta

Governo Dilma liberou R$ 1,8 bi em emendas parlamentares em troca de votos contra o impeachment.

Ou seja, gastando um dinheiro que não tem, em troca de cargos que não lhe pertencem.

Mandem trancar as reservas internacionais!

Isso faz lembrar de Cristina Kirchner que, no último ano de Casa Rosada, contratou 25 mil militantes para cargos na administração pública.

Muitos só apareciam nas repartições ao final de cada mês, para receber o soldo.

Macri entrou fazendo uma bela faxina.

Não esperamos menos do Plano Marshall-Temer.

02:19 - Ponte estaiada

Resultado primário do setor público em fevereiro = R$ 23 bi negativos.

Pra se ter uma ideia, o estimado era de R$ 11 bi negativos.

Veio pior do que a mais pessimista dentre todas as projeções – ironicamente, como de costume.

Com esse resultado somado ao de março, a previsão de déficit primário de R$ 97 bi em 2016 se torna um milagre.

Há boa razão para o Plano Temer se chamar “Uma Ponte para o Futuro” e não simplesmente “Um Futuro”.

Vamos ter que construir essa ponte sobre um rio altamente tóxico.

03:25 - Choque de realidade

Não tem problema, já fizemos coisas mais difíceis na vida.

Cair na real é sempre o mais difícil.

Mesmo que por pequena margem, Dilma efetivamente venceu as eleições de 2014; milhões de pessoas achavam que a economia brasileira ia bem.

Hoje a avaliação ruim/péssima do Governo Dilma beira os 70% pelo Ibope.

Na área econômica, é ainda pior: 86% desaprovam a atuação de Dilma no combate à inflação, por exemplo.

A ponte principal já foi construída, e tem quilômetros de gente atravessada até o pescoço.

04:27 - Não era INSS

Saudações a todos os que estiveram no lançamento do novo livro do Felipe, ontem, na Cultura do Conjunto Nacional.

O evento criou fila em uma livraria localizada no Brasil.

Realmente épico.

Não me surpreenderia encontrar A Palavra do Estrategista nas próximas listas de mais vendidos.

m5m-300316-01

Links Recomendados

.: O que você pode comprar que vai te trazer mais felicidade
.: Receba 3 aluguéis mesmo em tempos de crise
.: Espresso Financista: Yellen anima mercado enquanto governo junta cacos da base aliada

Conteúdo exclusivo para quem é PRO

.: Levantando o traseiro (exclusivo PRO)
.: IMC agora vai? (exclusivo PRO)
.: Quase saindo do buraco? (exclusivo PRO)

Por R$ 12,90 ao mês você tem acesso a todo o conteúdo.

Adquira o conteúdo completo

Conteúdo relacionado