Ao vencedor, as batalhas

O efeito manada está plena forma. Quem vence leva tudo.

Ao vencedor, as batalhas

00:09 - All for the best

Desembarcaram PP, PRB, parte do PR e do PSD.

É o efeito manada em plena forma. Winner takes all, quem vence leva tudo.

Mesmo assim, não custa lembrar que ainda temos cinco dias até a votação da Câmara.

Faço nossas as palavras do gestor Pedro Cerize:

“Depois de anos de PT, assistindo ao inexorável expurgo dessa quadrilha, é difícil não sucumbir ao pior inimigo do investidor: o OTIMISMO”.

Pangloss termina com loss.

Por isso, nada mais adequado para o momento do que uma estratégia com o melhor dos dois mundos: lucrativa e à prova de perdas.

01:14 - All for the worst

Como o segundo pior inimigo é o pessimismo, precisamos fazer balanço dos riscos remanescentes.

Cinco deles tiram nosso sono:

1. Governo recorre ao Supremo para atrasar o impeachment.

2. Toda a conta da votação está impressionantemente errada.

3. Renan adota um ritmo oposto ao de Cunha, sentando em cima do processo no Senado.

4. Dilma e Lula sem nada a perder, extremamente propensos ao risco, recorrem ao imponderável.

5. Temer vaza nudes pelo Whatsapp.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

02:23 - A próxima agenda

Se tudo funcionar, logo estaremos discutindo as propostas do Governo Temer.

Esqueça a hipótese de grandes revoluções, mas podemos contar com algumas poucas medidas objetivas, capazes de fazer enorme diferença.

– Reforma política que reduza o número de partidos e reforce sua importância.

– Legislação trabalhista que privilegie acordos diretos entre empregadores e trabalhadores.

– Nomes técnicos e de mercado para as estatais e agências reguladoras.

– Simplificação de tributos.

– Reforma da previdência.

Dessas cinco medidas, a previdenciária é a mais difícil, mas pode ser ao menos introduzida por Temer, facilitando o trabalho do próximo presidente (ou primeiro-ministro).

03:25 - As próximas pessoas

Logo estaremos discutindo também os ministérios.

Na Fazenda, mercado especula sobre Arminio, Marcos Lisboa, Samuel Pessoa, Murilo Portugal ou José Serra.

No BC, seria fácil aproveitar que Volpon já é da casa.

Macri ganhou moral na Argentina não apenas por suas próprias virtudes, mas também pelos nomes que trouxe ao Governo (Prat-Gay, por exemplo).

Se Temer anunciar um time de notáveis em maio, o rali do impeachment continua.

Mas então precisaremos dar tempo para os homens trabalharem.

E para as mulheres também.

04:30 - Baita recomendação

Nossa especialista em Renda Fixa, Marilia Fontes, ocupa até o momento a liderança do prêmio interno de melhor recomendação do mês.

Vou lhe contar o porquê.

A debênture de Restoque para vencimento em 1 ano chegou a negociar a 225% do CDI.

O mercado se amedrontou com o nível de alavancagem, imaginando que empresa teria que alongar dívida com os debenturistas por não conseguir rolar.

Marilia indicou a compra desta debênture antes da divulgação do balanço do 4º tri.

Restoque não só conseguiu manter sua alavancagem abaixo de 3x, preservando covenants, como também anunciou recentemente a rolagem a um custo bem mais amigável, de 126% do CDI.

Quem seguiu a dica da Marilia na série de Renda Fixa viu sua debênture disparar na marcação a mercado e travou um retorno extraordinário.

Sim, dá pra ganhar muita grana também com Renda Fixa.

Links Recomendados

.: Como dominar o dragão da inflação
.: Espresso Financista: Impeachment e exportações chinesas animam mercado
.: A estratégia infalível para lucrar com ações

Conteúdo exclusivo para quem é PRO

.: Enxugando gelo (exclusivo PRO)
.: Virando a mão com proteção (exclusivo PRO)
.: São poucas as vocações (exclusivo PRO)

Por R$ 12,90 ao mês você tem acesso a todo o conteúdo.

Adquira o conteúdo completo

Conteúdo relacionado