Bem-vindo à Crise do Yuan

A tensão com a China continua, até Kyle Bass está tenso.

00:07 - Um medo global

Quase todo mundo está com medo de como as Bolsas da China vão reabrir após o ano novo, na segunda-feira.

Kyle Bass também se preocupa com as ações chinesas, mas alerta que o principal risco vem mesmo é da desvalorização do yuan.

Legal, mas quem raios é Kyle Bass?

Seria ele aquele novo vilão bonanza do Star Wars?

m5m-110216

01:16 - Faro para bolhas

Nada disso.

No lado bonzinho da força, Kyle Bass ficou famoso durante a crise do subprime.

Ganhou muita grana apostando no calote das hipotecas americanas.

Muita grana mesmo.

O sujeito tem faro para crises.

m5m-110216-02

Sua tese para o momento:

Suponha que o sistema financeiro chinês faça uma baixa de 10% em seus ativos, devido a empréstimos inadimplentes.

Para tapar o buraco, o Bacen da China teria que imprimir mais de 10 trilhões de yuans.

Resultado: desvalorização de -30% para o yuan contra o dólar (arrastando o real consigo).

02:24 - Não vai ter superávit

Estamos diante de uma armadilha global de enormes proporções, e ainda assim obrigados a estressar com nosso Governo tupiniquim.

Que, aliás, merece a atenção.

Dilma prevê dificuldades para cumprir a meta de superávit primário de 0,5% do PIB neste ano.

Afinal, com um corte de gastos alegórico de R$ 30 bilhões, precisaríamos de um milagre de arrecadação.

Ok, falemos então a verdade.

Este Governo nunca vai cumprir meta alguma de superávit primário, mesmo sendo capaz de repartir (ou dobrar) a própria meta.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

03:23 - Renúncia fiscal

Engraçado que as melhores notícias que chegam do Governo são quando ele desiste de fazer alguma coisa.

Por exemplo:

Governo deve desistir de tributar LCIs e LCAs. Obaaaa!

Ou:

Governo deve desistir de tributar debêntures de infraestrutura. Aeeeee!

Do que mais Dilma poderia desistir para fazer nossa Bolsa subir?

 

04:27 - Barulhinho bom

Abordemos também algumas coisas que dão certo e fazem barulho aqui na sala de Research.

Max Bohm está com um sorriso no rosto desde que fechou o long & short de Guararapes contra Renner.

Isso aconteceu na sexta-feira pré-Carnaval, embolsando lucros de +32% em uma semana.

Desde então, Max já abriu uma nova operação de long & short, que nos deixa ansiosos quanto ao resultado.

E o melhor: resultado que pouco depende da China ou das metas fiscais.

Links Recomendados

.: Como investir com o capital protegido
.: 11 oportunidades raras para lucrar com ações em 2016
.: Espresso Financista: Temor sobre poder de fogo dos BCs globais perturba mercado

Conteúdo exclusivo para quem é PRO

.: Ouro de esperto (exclusivo PRO)
.: Credit crunching (exclusivo PRO)
.: Tentando sobreviver (exclusivo PRO)

Por R$ 12,90 ao mês você tem acesso a todo o conteúdo.

Adquira o conteúdo completo

Conteúdo relacionado