Eu prefiro as curvas

Não existe reta final; existem curvas finais.

Eu prefiro as curvas

00:06 - Por favor me acuda

Mais um dia de ajuste de rota no mercado, naturalmente.

Este M5M já havia avisado sobre as trajetórias sinuosas que levam até o impeachment.

Não existe reta final; existem curvas finais.

Quanto mais perto chegamos do destino, mais curvas na estrada.

Se precisar vomitar, me avise que eu paro no acostamento.

Depois eu piso mais fundo, corrijo num segundo, não posso parar.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

01:18 - Eu tento esquecer

Está surpreso com o stop & go? Junte as evidências.

Você andou de pedalinho, viu Lula quase ministro, ouviu queridas gravações.

Sabe, portanto, que não há limites para o instinto de sobrevivência do Governo Dilma.

O Nobel Daniel Kahneman (você ainda vai ouvir falar dele) já nos ensinou o que acontece a partir de agora.

Indivíduos – ou governos – perdendo muito tornam-se extremamente propensos a assumir riscos incomensuráveis.

Passam por cima de tudo. Obstrução de justiça vira modus operandi.

Não espere menos dos últimos dias desta agenda de impeachment.

Por incrível que pareça, a volatilidade do mercado só tende a aumentar.

02:25 - Na distância se perder

Apesar de tudo, a agenda segue em frente e o tempo urge.

Clock is ticking para Dilma Rousseff.

Na terça-feira, o PMDB poderá decidir pelo rompimento com o Governo, arrastando consigo quase toda a base que ainda se diz aliada.

Também se cogita um pedido de abertura de inquérito da PGR contra Dilma, além de eventuais novas delações.

Se você investe em opções, já deve ter ouvido falar da grega “theta”.

A theta é impiedosa, faça chuva ou faça sol.

O tempo passa, sua opção vale um pouco menos, dia após dia, até virar pó.

03:22 - O amor que eu tive

Poxa, Rodolfo: mas você não fala mais de Economia?

Bem que eu queria, mas não posso. Por enquanto.

Devo falar apenas de coisas relevantes – essa é minha máxima, e minha mínima.

Ou por acaso você se empolga em saber que o Governo Dilma estuda privatizar as raspadinhas?

Pois é.

Também decidi que não vou comentar mais as propostas do Nelson Barbosa.

Levy foi um ministro da Fazenda impotente, mas levado a sério por sua teimosia utópica; o último dos românticos.

Barbosa é irrelevante.

04:26 - Eu posso lhe dizer

Falemos então de Economia, Finanças,… Imóveis!

Estamos a menos de 20 vagas de encerrar as inscrições para o maior projeto imobiliário do Criando Riqueza.

O especialista Marcio Fenelon dará todas as lições sobre ativos sólidos, capazes de blindá-lo na crise e, ao mesmo tempo, de gerar lucros extraordinários.

Você sabia, por exemplo, que é possível conseguir não um, nem três, mas cinco imóveis em apenas 72 meses?

Aproveite este último dia para entrar na turma.

Links Recomendados

.: Como aumentar o seu patrimônio a cada ano
.: Espresso Financista: Mercado reflete tensão em Brasília antes do feriado
.: “Com duas semanas de preparo já obtive lucro, graças às recomendações.”

Conteúdo exclusivo para quem é PRO

.: Meu dólar de equilíbrio (exclusivo PRO)
.: Duelo de gigantes (exclusivo PRO)
.: Fora do radar (exclusivo PRO)

Por R$ 12,90 ao mês você tem acesso a todo o conteúdo.

Adquira o conteúdo completo

Conteúdo relacionado