Fatiando o Ibovespa

Empresas não são culpadas de nada. Pessoas é que são culpadas. Por causa delas a Petrobras está sob risco de moratória e a bolsa está caindo 10% em 2016.

Compartilhe:
Enviar link para o meu e-mail

00:06 - Fama-French

Proponho um exercício imaginativo de alguma utilidade.

Brinquemos de decompor os fatores capazes de explicar a performance da Bolsa num determinado período.

Tem gente que ganhou Nobel fazendo isso. Eu não me levo tão a sério. É mais para brincar mesmo.

Vamos tomar por base o pico recente de 62 mil pontos em setembro de 2014, e o atual vale de 39 mil pontos.

Ou seja, uma queda de -37%.

Screen Shot 2016-01-14 at 10.11.16 AM

01:15 - Soma das partes

Pensei em separar essa queda em três partes.

Parte um: herança maldita do Governo Dilma.

Parte dois: bear market das commodities em nível global.

Parte três: reação exagerada dos mercados.

Qual desses fatores lhe parece mais importante?

Responda à pesquisa em nossa conta do Twitter.

02:23 - Meus inimigos estão no poder

Aliás, nosso Twitter está sob ataque.

Quando falamos aqui que Petrobras corre risco de moratória, recebemos uma enxurrada de críticas.

Críticas ideológicas, mas nada técnicas.

Tecnicamente, não sobra muito espaço para debate.

Preço do barril mergulhando para baixo, produção de Petro estagnada, sérios cortes no capex e custo da dívida aumentando rapidamente.

Além disso, reitero: falar em risco de moratória é muito diferente de categorizar que a empresa vai, necessariamente, quebrar.

Ideologia, eu quero uma pra morrer.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

03:22 - Questão pessoal

Há quem diga: mas isso não é culpa de Petrobras; é culpa da Opep e do shale gas!

Coitada!

Concordo que não seja culpa de Petro.

Empresas não são culpadas de nada. Pessoas é que são culpadas.

Empresas não são corruptas. Pessoas é que são corruptas.

Empresas não destroem valor do acionista. Pessoas sim.

No caso, a pessoa do controlador.

A primeira vez que me enganares, a culpa será tua; já da segunda vez, a culpa será minha.

04:26 - Sua questão é minha

Culpa tua então se perderes a leitura da carta-resposta do Felipe Miranda.

Carta esta intitulada: “Sua Grande Questão Agora é Minha”.

Na terça-feira, Felipe pediu ajuda para um grande projeto. 

Perguntou qual era a grande questão financeira de cada um de nossos leitores.

Nesta quinta, ele responde publicamente às três perguntas mais representativas dentre todas as centenas de dúvidas recebidas.

Confira aqui as respostas na íntegra.

Links Recomendados

Resolva suas finanças em 30 dias

Conteúdo exclusivo para quem é PRO

.: Fechado lá, aberto aqui
.: Esperança de M&A não basta

Por R$ 12,90 ao mês você tem acesso a todo o conteúdo.

Adquira o conteúdo completo

Conteúdo recomendado