M5M_ Aquele friozinho na barriga

Falta uma semana para o evento da Empiricus com o prêmio Nobel de Economia Daniel Kahneman. Admito frio na barriga - tenho admiração pelo cara.

M5M_ Aquele friozinho na barriga

00:02 - Quem sou eu?

Falta uma semana para o evento da Empiricus com o prêmio Nobel de Economia Daniel Kahneman.

Admito frio na barriga – tenho admiração pelo cara.

Kahneman me apresentou aquela que considero a frase mais útil a qualquer investidor:

“Se você não sabe quem você é, a Bolsa de Valores é um lugar caro demais para descobrir”.

Uma vez entendida essa frase, o sujeito não quebra.

PS. Ah sim, se quiser garantir um dos últimos assentos para o evento, siga este link.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

01:10 - Oi, quem é você?

Oi, que não entendeu a frase, nos faz lembrar que empresas de concessão também quebram.

Ou seja, não é só oil & gas que quebra.

Anote aí: qualquer empresa que queima caixa sistematicamente pode quebrar.

Ainda mais se os controladores gostam de emitir dívida para receber dividendos.

É difícil queimar caixa com uma concessão, mas não é impossível.

02:16 - Quem somos nós?

Isso me faz lembrar da velha disputa entre o jóquei e o cavalo.

Quem importa mais na hora da prova?

O jóquei é o controlador, o CEO, a diretoria da empresa.

O cavalo é o negócio em si.

Não tem ótimo negócio que sobreviva a péssimas pessoas.

E ótimas pessoas raramente topam montar em um péssimo negócio.

03:01 - Quem são eles?

Por imaginá-lo um ótimo leitor, proponho aqui um ótimo negócio.

Em divertida alusão, hoje é dia de Feirão de Imóveis na Empiricus.

Você vibra com a tangibilidade dos imóveis físicos?

Ou prefere investir, comodamente, em fundos imobiliários?

Na dúvida existencial entre o jóquei e o cavalo, fique com os dois pelo preço de um.

04:04 - Quem tem medo de lobo bom?

Em certos casos, porém, devemos escolher entre um OU outro.

O Globo diz que a Lava Jato só vai fechar acordo com uma empreiteira: ou a OAS, ou a Odebrecht.

A OAS sai em vantagem, até porque a Odebrecht é too bad to survive.

Não sei bem como, mas a delação da OAS, uma vez formalizada, vai mexer com o mercado local.

Mas fique tranquilo.

De um jeito ou de outro, todos vamos ganhar dinheiro com isso.

Links Recomendados

.: Vamos imprimir a sua próxima casa?
.: Multiplique sua renda seguindo a mesma estratégia dos bilionários
.: Kroton melhora oferta por Estácio e propõe relação de troca de 1,25 ação

Conteúdo exclusivo para quem é PRO

.: Eu tenho a solucionática (exclusivo PRO)
.: O melhor nome para o BB (exclusivo PRO)
.: A preço de fundador (exclusivo PRO)

Por R$ 12,90 ao mês você tem acesso a todo o conteúdo.

Adquira o conteúdo completo

Conteúdo relacionado