M5M_A lição mais importante do mercado

Insistir naquilo no que já investimos muito tempo e energia, mesmo que as perspectivas já não pareçam tão boas, é parte da natureza humana.

Compartilhe:
Enviar link para o meu e-mail
M5M_A lição mais importante do mercado

00:02 - Não afunde junto com falsas esperanças

“Custo afundado” (sunk cost) é um dos muitos vieses cognitivos estudados em finanças comportamentais.

Insistir naquilo no que já investimos muito tempo e energia, mesmo que as perspectivas já não pareçam tão boas, é parte da natureza humana. São incontáveis os que só concluíram uma faculdade da qual nem gostavam simplesmente porque já a haviam começado, ou que seguem em relacionamentos infelizes sob a justificativa de já terem trilhado muita coisa até ali.

“Estou perdendo 50 por cento nessa operação. O que faço?” Recebo muitos e-mails desse tipo.

Da mesma forma que em carreiras e relacionamentos, a pergunta-chave é: os motivos pelos quais você entrou nessa continuam fazendo sentido para você?

Se sim, que bom. Se não, parta para outra.

 

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

01:18 - O retorno dos barbudos

Fiquei feliz com os feedbacks positivos ao M5M de sexta passada, no qual discorri sobre as semelhanças entre a experiência de deixar a barba crescer e a construção de uma carteira de investimentos. Saber que coloquei muitos leitores para pensar (ou repensar) seus investimentos me traz uma imensa sensação de dever cumprido.

O assunto rendeu tanto que decidimos aprofundar a discussão por aqui. Para isso, contamos com sua ajuda para uma rápida enquete.

Me conte, por favor: por quanto tempo, em média, você carrega uma ação no seu portfolio?

◎ A verdade é filha do tempo: compro para carregar por mais de 1 ano
◎ Paciente, mas nem tanto: mais de 1 mês, mas menos de 1 ano
◎ Foco no curto prazo: no máximo 1 mês
◎ Tá maluco? Não consigo ficar parado por nem 1 semana!

02:03 - Um investimento para toda a vida

Temos, na Empiricus, produtos para todos os gostos. Desde séries voltadas para o curto prazo, como o Trader PRO, até recomendações de investimento de prazo indefinido como no Melhores Ações da Bolsa. Dessa forma, cada cliente pode buscar recomendações adequadas à maneira como estão dispostos a aproveitar o mercado.

Muitos de nossos clientes são assinantes de mais de uma série, pois têm interesse em oportunidades de olho em diferentes prazos e perfis. Pensando nesse público, oferecemos o Clube Empiricus: uma única assinatura vitalícia contemplando todos os nossos produtos essenciais — Palavra do Estrategista, Daily PRO, M5M PRO, Trader PRO, As Melhores Ações da Bolsa, Vacas Leiteiras, Fundos Imobiliários, Valor Imobiliário, Você Investidor, Melhores Fundos de Investimento e Strategic Intelligence.

É uma proposta de pai para filho para quem está, assim como nós, pensando no longo prazo.

03:20 - Bach, Yellen e Temer

Tal qual a de hoje, grande parte das edições recentes do M5M têm sido escritas ao som das Variações Goldberg de Bach. A criatividade com que Johann Sebastian compõe variações sobre um mesmo tema me fascina. Chamar Bach de gênio é, para mim, quase pleonasmo. Encontro nas polifonias de Bach compensação para a falta de criatividade dos mercados nos últimos dias.

Lá fora, continuamos com tudo girando em torno do Fed: Yellen fala em Jackson Hole na sexta-feira e, até lá, todas as conversas são em torno de quando o Fed elevará juros. Cada microexpressão de Janet será minuciosamente escrutinada em busca de sinais que indiquem qualquer propensão a endossar o discursos mais recentes de chefes regionais, que acenaram com uma elevação de juros antes mesmo de Dezembro. A nós, parece um pouco demais.

Por aqui, variações sobre Temer. Sinais de que o governo está menos disposto a lidar com chantagens e mais determinado a aprovar questões-chave no âmbito fiscal dão o tom do noticiário. Bolsa, seguindo um dia de realização expressiva, volta para o terreno positivo. Provavelmente assim seguiremos, em uma tensão quase wagneriana, até o desfecho do impeachment.

04:05 - Promoção: Leve 2, pague 3

Algumas coisas simplesmente parecem erradas.

Santander Brasil entregou, nos últimos 12 meses, ROE ajustado 12 por cento, contra 18 de Bradesco. Considerando projeções de lucro para ambos, vemos tanto SANB11 quanto BBDC4 negociando a aproximadamente 1,5 do patrimonial projetado.

Por mais que reconheçamos as melhorias operacionais do banco espanhol, simplesmente nos parece demais. Já em rumores de dividendo extraordinário, ou mesmo de fechamento de capital, simplesmente não embarcamos.

Vemos oportunidade muito melhor em BBAS3, que negocia a 0,7 patrimônio.

Links Recomendados

:. A corrida pelo dinheiro

Conteúdo exclusivo para quem é PRO

.: Um shopping vai às compras
.: Devo, não pago e nego enquanto puder
.: Mais pressão pela frente em celulose

Por R$ 12,90 ao mês você tem acesso a todo o conteúdo.

Adquira o conteúdo completo

Conteúdo recomendado