M5M_Confia em mim

Um presente mínimo com um futuro melhor não é tão mau assim. Afinal, a confiança é útil para coisas que ainda não aconteceram, mas podem vir a acontecer, em breve.

M5M_Confia em mim

00:01 - Azarão com sorte

Mais um dia de sangria internacional, liderada pelos bancos, ardendo a ferida do Brexit.

Enquanto todas as Bolsas relevantes registram perdas no ano, o Ibovespa sobe +13% de janeiro para cá.

Os gringos dificilmente pegaram esse rali de azarão do Brasil.

Com certeza estarão mais espertos a partir de agora.

Somos sujeitos ao resto do mundo.

Mas, em certas ocasiões, orbitamos em um universo paralelo.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

01:15 - Logo mais

Índice de confiança do consumidor calculado pela FGV recuperou seu maior patamar desde junho de 2015.

Sua alta foi inteiramente determinada pela melhora de expectativas, enquanto a percepção corrente revisitou o mínimo histórico.

Um presente mínimo com um futuro melhor não é tão mau assim.

Afinal, a confiança é útil para coisas que ainda não aconteceram, mas podem vir a acontecer, em breve.

02:12 - Vermelho ou azul?

Gráfico do Volpon mostra os claros benefícios na futura aprovação da PEC do teto de gastos.

Em vermelho, se o fiscal continuar crítico como está, a dívida pública ultrapassa 85% do PIB em 2020.

Em azul, equalizamos rapidamente a dívida ao disciplinar os gastos do governo.

O que você prefere?

Quanto menos governo na economia, maiores as virtudes – públicas e privadas.

03:07 - Tropa de choque

Enquanto não sai o teto de gastos, contento-me com o choque de gestão nas estatais.

Adoro a ideia de estatais privatizadas, mas – sendo bem sincero – não faço questão.

Se Petro, Eletro, BB & Cia forem tocadas por gestores experientes, com a devida governança e visando ao lucro, para mim está de bom tamanho.

A privatização em si é menos importante do que o choque de gestão.

E bem mais simples politicamente.

04:05 - Última chamada

Hoje é o último dia de inscrições para a nova série de Jim Rickards, o acertador do Brexit.

Se quiser assegurar sua vaga, siga este link.

Jim pegou na veia o resultado do referendo britânico, indicando a seus assinantes como extrair grandes lucros com o evento disruptivo.

Eventos disruptivos são sua especialidade.

Seus próximos relatórios vêm com dicas baseadas em acontecimentos globais a serem revelados a partir de agora.

Qual seria o próximo Brexit?

Links Recomendados

.: 9 dicas para conseguir um aumento
.: Multiplique sua renda seguindo a mesma estratégia dos bilionários
.: Mercados da China avançam, restante da região vive incerteza com Reino Unido

Conteúdo exclusivo para quem é PRO

.: Um próximo risco (exclusivo PRO)
.: Campeã nacional (exclusivo PRO)
.: Prova de fogo (exclusivo PRO)

Por R$ 12,90 ao mês você tem acesso a todo o conteúdo.

Adquira o conteúdo completo

Conteúdo relacionado