M5M_May Day

Investidores começaram o dia no front europeu preocupados…. Não temam!

M5M_May Day

00:17 - O hoje será óbvio amanhã

Investidores começaram o dia no front europeu preocupados. Ontem, Libra se desvalorizava ante a perspectiva de um discurso duro por parte de Theresa May quanto aos próximos passos do Reino Unido porta afora da União Européia…

Aí ela vem e faz precisamente o que, no plano das ideias, todos esperavam. O resultado? Libra se valoriza fortemente. Ué?

Não temam: não dou 24 horas para que os especialistas se recomponham para, equipados com suas gravatas Hermés e uma nova narrativa à qual o desenrolar dos fatos se encaixe com perfeição, afirmar que o efeito era óbvio ante a causa – igualzinho ao que se seguiu à eleição de Trump.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

01:24 - Jim, é você?

No mesmo espírito de montanha-russa, nossa Bolsa operava quase no zero-a-zero no começo do dia, acentuou perdas na hora do almoço e já voltou ao campo positivo. Destaques positivos são nomes de mercado doméstico. Para exportadoras, o dia é predominantemente ruim.

Lá fora, declarações da premier britânica dividem atenções com falas de Trump: às vésperas de sua posse, Donald declarou que dólar está supervalorizado – em parte, por conta da política cambial chinesa. As guerras cambiais de Jim Rickards mandam lembranças.

Tanto a Bolsa americana quanto o principal índice europeu operam sem oscilação significativa neste momento.

Merece algum destaque o ouro, que está na sétima sessão consecutiva de alta. Lembrei do Jim de novo…

02:05 - Desencane de acertar na mosca

Mercado extraiu, da ata do Copom, leitura de que porteiras estão abertas para a queda continuada dos juros no ritmo da última reunião.

Com expectativas de juros de um dígito, a briga agora é pela inflexão do PIB (como falávamos ontem, aliás). Todos querem acertar a quanto vai e quando será a virada do indicador. Contribui para isso o discurso de Meirelles – que, com maior ou menor convicção a depender do momento, dá sinais de que o produto já deve mostrar crescimento no trimestre em curso.

A obsessão do mercado é acertar o traseiro da mosca: isso dá audiência; transmite ao leitor a sensação de que o cara SABE antecipadamente e com exatidão o que vai acontecer, quando e como. Não se iluda: eles não sabem, da mesma forma que nós não sabemos.

03:16 - Eu quero é hoje

Todo mundo fica feliz com boas perspectivas de longo prazo — mas se tiver como ganhar dinheiro hoje, melhor ainda.

Salvo raras exceções, o pequeno investidor é curto-prazista. A despeito de ser amplamente sabido que os casos de maior sucesso na história do mundo dos investimentos são fruto de estratégias profundamente entediantes, é da natureza humana (e fenômeno muito bem estudado) buscar recompensas imediatas.

Não me entenda mal: isto não se trata de uma manifesto contra o trading. Pelo contrário: oportunidades selecionadas podem ser aproveitadas, mas como estratégia que visa gerar retorno adicional a um portfólio bem estruturado mas e não em substituição a ela. É perfeitamente ok usar parte do seu capital para girar no curto prazo se assim o quiser, mas não fazer só isso com seu dinheiro.

Se quiser fazer, faça direito: trading é coisa séria; requer disciplina e sangue frio. O Trader PRO está aí para ajudá-lo neste front.

04:00 - Pedaladas fiscais

Atende por normalcy bias (“viés de normalidade”) o viés cognitivo em função do qual nós, homens e mulheres sapiens, tendemos a subestimar a probabilidade e o potencial efeito de eventos adversos. É nosso impulso primal supor que algo jamais dantes visto nunca acontecerá. O entendimento deste comportamento é componente importante na prevenção de desastres y otras cositas más.

Autoridades da província chinesa de Liaoning reconheceram que dados fiscais foram objeto de adulteração no período de 2011 a 2014. Pedalada fiscal não é exclusividade brasileira.

Liaoning é uma das províncias mais industrializadas da China – e, por consequência, berço de parte dos excessos de capacidade aos quais há tempos o mercado dispensa atenção. Dentre outras coisas, detém as maiores reservas de minério de ferro do país e abriga a famigerada bolsa de commodities de Dalian, cujos preços de futuros de minério de ferro entraram no radar de investidores em anos recentes.

Mas não: tudo está maravilhosamente bem na China! Foi o que disse o presidente Xi Jinping em Davos! Não importa o que aconteça: o governo vai dar um jeito!

Links Recomendados

.: S01E12 – A Fantástica Fábrica de Jabuticaba
.: A galinha do Bradesco
.: A solução para diabetes, colesterol e impotência
.: O Trader de Faraó

Conteúdo exclusivo para quem é PRO

.: Ainda é assimétrico? (I) (PRO)
.: Ainda é assimétrico? (II) (PRO)
.: BVMF: Atenção ao CARF (PRO)

Por R$ 12,90 ao mês você tem acesso a todo o conteúdo.

Adquira o conteúdo completo

Conteúdo relacionado