M5M_Para a Bat Caverna, Robin!

Diretamente da Bat Caverna: dicas para começar a semana curta e sobreviver à crise política.

M5M_Para a Bat Caverna, Robin!

“Come on, Robin, to the Bat Cave! There’s not a moment to lose!” – Batman (Adam West)

“Hand me down the shark repellent Bat-Spray!” – Batman (Adam West)

Trilha do dia
Muse – The 2nd Law

 

Agora você pode ouvir a trilha do M5M no Spotify – confira aqui!

 

00:05 - Santa Aritmética, Batman!

Há pouco a acrescentar sobre o cenário político por aqui.

O TSE deu o aval para que campanhas sigam financiadas pelo Caixa 2, Temer se agarra ao foro cargo e o PSDB continua em cima do muro. Com as revisões para baixo das expectativas de inflação e do PIB, resta pouco ao Bacen a não ser seguir cortando juros e tentar fazer a economia pegar no tranco.

Se não sabemos nem quem será o presidente no fim do ano, que tipo de riscos você topa correr?

Juros continuarão caindo e, no longo prazo, temos mais a ganhar do que a perder com Bolsa. Desde que haja o mínimo de racionalidade e responsabilidade em nosso Congresso, o país não explode.

Se você acha demais esperar racionalidade do Congresso, atente para o fato de que, em meio a toda essa confusão, há vários nomes que seguem afirmando compromisso com a equipe econômica, reformas e até com a agenda de privatizações.

O problema fiscal é de aritmética básica (receitas – despesas) e os “nobres” deputados e senadores sabem que é preciso ter o mínimo de equilíbrio para que se possa seguir “mamando nas tetas” da União.

Mas é claro que dá um medo danado de comprar essa tese!

É por isso que ninguém aqui está falando pra sair dando all in em Bolsa. Agora, mais do que nunca, é hora de carregar os seguros e agir com cautela, mas, sem deixar de lado a chance de surfar uma alta da Bolsa, caso ela ocorra.

01:10 - O Descanso do Morcego

Desde 2005, Nadal levantou o caneco de Roland Garros 10 vezes. Em 13 edições, só não ganhou em 2009, 2015 e 2016 – uma nova definição de hegemonia – 79 vitórias e apenas 2 derrotas.

Em mais um atropelo em finais, o espanhol colocou Wawrinka pra correr atrás da bola de um lado pra outro da quadra – tudo que o suíço podia fazer era reagir aos golpes de Nadal.

Se não deu certo pra Wawrinka, não vai dar certo pra você.

Sair operando a cada notícia ou dica nova que recebe de amigos vai acabar com seu fôlego e deixar seu corretor rico. Se mudar de opinião a cada instante e sair comprando e vendendo ações e girando seu portfólio a cada pouco, fatalmente vai deixar muito dinheiro na mesa.

Sabendo disso, a Morningstar tem uma metodologia pra explicar porque, na média, os investidores têm retornos inferiores aos dos fundos em que investem. Simplificando, eles comparam o desempenho real dos cotistas contra o desempenho de alguém que fizesse a alocação inicial e depois deixasse o dinheiro quieto o “Do Nothing Portfolio”.

A conclusão é que o investidor médio tende a alocar mais recursos em fundos que acabaram de apresentar bom desempenho, ou seja, o investidor médio corre atrás da bola o tempo todo.

Faz muito mais sentido definir uma estratégia de alocação e se manter fiel consistentemente ao plano traçado – fazer pequenos ajustes pontuais e tocar o barco.

O mesmo vale para ações.

Escolha os nomes, trace planos e os siga com disciplina. Se nenhum fato novo REALMENTE relevante acontecer, mantenha o curso. Eu, por exemplo, em meus investimentos pessoais, tenho por prática nunca vender uma ação com prejuízo antes de dois anos da compra inicial – isso me trouxe muito mais ganhos do que perdas.

Funciona pra mim.

Será que funciona pra você?

Vai depender do seu estômago e sangue frio. Eu fico tranquilo mesmo se uma ação estiver derretendo na minha frente – aliás, minha vida (e a da Alice) seria bem mais fácil se eu tivesse a mesma calma em eventos cotidianos – a gastrite que o diga.

03:00 - Pegadinha do Charada

O que é que te protege menos quando você MAIS precisa?

O FGC (Fundo Garantidor de Crédito) só é obrigado a cobrir o valor equivalente aos recursos disponíveis pelo fundo. Hoje, a estimativa é que o saldo do FGC possa fazer frente a apenas 3,2 por cento dos valores investidos em renda fixa – ou seja, se rolar um stress generalizado no mercado, muita gente que acha que tá a salvo, vai ver suas economias escorrendo pelo ralo.

Quer dizer que não se deve investir em Renda Fixa?

Nada disso!

O negócio é fazer os investimentos sabendo dos riscos e sempre com a orientação de quem conhece do assunto – a Marília preparou um relatório especial “A Grande Aposta” pra que você saiba como fugir das armadilhas do mercados.

Dê uma conferida aqui.

03:55 - As Presas do Morcego

Lá fora, mercados deram uma azedada – algumas casas de research alertaram os investidores de que o oba-oba com as FANG (Facebook, Apple, Netflix e Google) é infundado – queda generalizada no setor.

Começaram a pipocar gráficos comparando a evolução das grandes ações de tecnologia nos EUA com os balanços dos 3 maiores bancos centrais mundiais (EUA, Europa e China) – quanto maior o balanço dos bancos, mais ativos eles estão comprando e mais “esticados” ficam os mercados.

Fonte: www.zerohedge.com

Não é preciso fazer nenhum curso de análise técnica pra perceber que há relação entre as variáveis – no ano, os bancos centrais pelo mundo já compraram mais de 1,5 trilhão de dólares em ativos, para um estoque acumulado de quase 15 trilhões de dólares (o PIB brasileiro é de 1,8 trilhão de dólares, mais ou menos).

Em face a todo esse apetite dos banqueiros centrais, pouco importa se há atentados, guerras, eleições desastrosas, crescimento, inflação ou juros – desde que os BCs sigam comprando, os ativos vão subindo.

O problema é que uma hora a festa acaba: certamente, os bancos centrais não comprarão ativos para sempre e, quando o easy money acabar, o sell off será rápido.

Desde sexta, quando surgiu o alerta mais acentuado, o NASDAQ já caiu 2 por cento e ações do Facebook (-5,6 por cento) da Apple (-7,7 por cento), Netflix (-10 por cento) e Google (-6,3 por cento) sofrem bastante.

Ainda é cedo pra saber se vem um estouro de bolha ou só uma correção no meio do caminho. Mas, com o mercado do jeito que está…

Em meio a isso, VIX saltou para 12 dólares, alta de mais de 20 por cento sobre as mínimas recentes e as Bolsas pela mundo (incluindo a nossa) operam no vermelho – a semana poderia começar melhor.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

Conteúdo relacionado