M5M_Passou

Em meio ao habitual choro e ranger de dentes, passou. Com 53 votos favoráveis, placar menos folgado que na votação anterior dará pano para manga em termos de força do governo Temer.

Compartilhe:
Enviar link para o meu e-mail
M5M_Passou

00:20 - Com emoção

Foi com emoção até o último minuto a votação da PEC do Teto.

Em meio ao habitual choro e ranger de dentes, passou. Com 53 votos favoráveis, placar menos folgado que na votação anterior dará pano para manga em termos de força do governo Temer. Mas isso é assunto para os próximos capítulos.

Mercado manteve apreensão durante a votação dos destaques, cuja aprovação mandaria o texto de volta para a Câmara. Confirmado o texto sem destaques, enfim respiramos aliviados.

…e seguimos, entre altos e baixos, rumo à outra margem.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

01:05 - E agora?

Com a aprovação da emenda constitucional e o fim do ano legislativo, esforços do governo devem se voltar à atividade econômica.

Inflação bem-comportada e front fiscal equacionado, estão postas as condições para aceleração do ritmo do corte de juros — e a disposição do Copom neste sentido já está muito bem manifestada.

A despeito de toda a turbulência do front político, segue promissor o cenário para queda de juros.

E vêm estímulos à atividade econômica por aí.

02:18 - O santo é de barro

Ao menor cheiro de incentivos, os de sempre já preparam romaria ao Planalto Central na esperança de serem gostosamente agraciados por generosos estímulos, em um remake do que vimos em anos recentes e cujos resultados conhecemos muito bem.

Dentre os pleitos mais mimosos que colhi pelos jornais nos últimos dias, destaco: reedição do REFIS, reabertura das torneiras de crédito do BNDES, criação de fundos para aquisição de participações em empresas em dificuldades e liberação do compulsório bancário para a concessão de linhas de crédito especiais a empresas inadimplentes. “Só?”

Devagar com o andor, que o santo é de barro. Medidas virão, mas tirem o cavalinho da chuva: basta uma rápida verificação da biografia dos responsáveis por sua elaboração para se convencer de que a batida agora é outra.

03:13 - Faz de conta

Lá fora, dia é de otimismo no aguardo da reunião do Fed de amanhã: com a decisão de amanhã considerada favas contadas, atenções se voltam a 2017, com apostas de uma elevação adicional em meados de junho.

Bolsa americana no topo, custo de capital subindo e todo mundo fazendo de conta que essa combinação é trivial. Não é.

Na Europa, principal destaque em dia positivo é a sinalização do Banco Central Europeu de que a instituição pode socorrer o italiano Monte di Paschi caso não se mostre viável uma solução de mercado.

É a senha: fiquem todos tranquilos pois, no limite, os prejuízos serão socializados.

04:06 - Errata

Foi grande a reação de leitores ao segundo minuto do M5M de ontem.

Veterinários, criadores e outros profissionais com experiência em avicultura fizeram questão de escrever para esclarecer que é inverídico o relato que me foi feito sobre o uso de hormônios na criação de frangos e que reproduzi neste espaço.

Faço, aqui, a devida correção. E roguemos que nenhuma outra injustiça se cometa nesta newsletter.

Por consequência, concluo que não há troca de melhores práticas entre granjas, bancos e corretoras: há muito mais saúde nas granjas.

Temos um vencedor.

Links Recomendados

.: S01E07 – Sympathy For The Devil
.: Voce está pronto para o TSUMONEY?

Conteúdo exclusivo para quem é PRO

.: BVMF: A banca sempre vence (PRO)
.: KROT: Empurrãozinho final (PRO)
.: O tamanho do problema (PRO)

Por R$ 12,90 ao mês você tem acesso a todo o conteúdo.

Adquira o conteúdo completo

Conteúdo recomendado