Minha carta fala por mim

Compartilhe:
Enviar link para o meu e-mail
Minha carta fala por mim

00:06 - O lado bom da vida

Bolsa de Xangai voltou a abrir de ressaca (-5,33%), sob ajuste fino do Governo para não disparar novamente o circuit breaker que deixou de existir.
A despeito disso, Bolsas na Europa tentam subir, mesmo que de forma irrisória.
Esforço digno também do Ibovespa durante a manhã. Quem diria!
China ainda atrapalha bastante. Com uma ou outra surpresa, pode até mesmo nos levar abaixo dos 40 mil pontos.
O lado bom é que China não impede uma recuperação da Bolsa brasileira…
… caso surjam gatilhos domésticos para tanto.

01:15 - Não sou o que sou

David Ogilvy dizia que “as pessoas não pensam o que sentem, não falam o que pensam e não fazem o que falam”.
Mas talvez sejam honestas ao escreverem cartas abertas.
Em sua cartinha de mea culpa, o BC dividiu com o Governo o estouro da meta de inflação.
Logo depois, a Fazenda publicou outra cartinha prometendo reequilíbrio fiscal.
Barbosa quer (i) equilibrar o fiscal, (ii) controlar a inflação e (iii) expandir crédito via bancos públicos.
Arrisco apostar que apenas uma das alternativas vai se materializar.
Qual das três?
Hoje pela manhã, o ministro recebeu o presidente da Caixa para uma conversa.

02:23 - Can’t Touch This

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos
Dilma continua superministra da Fazenda, mas talvez esteja perdendo o cargo de superpresidente do BC.
A culpa da recessão é da Selic.
A culpa da inflação é de Tombini.
E a culpa do câmbio é dos swaps.
Enquanto isso, o verdadeiro culpado segue incógnito e ileso, sempre pedalando.
Dentro do Bacen, dizem que a tolerância de Tombini acaba onde começa a tentação de usar reservas internacionais para fins heterodoxos.
Chute minha meta, manche minha reputação, mas não mexa com minhas reservas.

03:22 - Virada de mão

Dentre os mais céticos gestores brasileiros (ceticismo muito bem recompensado), Stuhlberger começa a ver oportunidade em ações locais.
Na mais recente carta do Verde, referente a dezembro:
“A queda na Bolsa brasileira permite lentamente acumular posições em empresas de qualidade a múltiplos atrativos”.
Note que isso é muito diferente de comprar Bolsa como um todo.

Devemos identificar as tais empresas de qualidade a múltiplos atrativos – missão primeira de nossa série de Melhores Ações para 2016.

 

04:26 - Pacotão essencial

Para você que gosta de virar a mão, mas também é mão fechada (bem-vindo ao clube), apresento aquela que considero a melhor relação custo-benefício de todos os serviços essenciais da Empiricus.
É um convite especial, que faz sentido somente para os leitores mais engajados.
Daily PRO, M5M PRO, Vacas Leiteiras, Aposentadoria Milionária, Palavra do Estrategista, Melhores Ações, Valor Imobiliário e Trader PRO.
Existe uma forma de ter acesso a todo esse conteúdo por um único preço?
Sim, existe.

Se quiser conhecê-la, entre aqui, e não conte para ninguém.

Links Recomendados

Uma ferramenta que quanto mais você utliza, mais você economiza
Saiba como disparar um raio multiplicador e potencializar em 120 vezes seu lucro com imóveis

Conteúdo exclusivo para quem é PRO

.: O alerta do BIS
.: De onde veio esse BBDC1?
.: Tic, tac, tic, tac

Por R$ 12,90 ao mês você tem acesso a todo o conteúdo.

Adquira o conteúdo completo

Conteúdo recomendado