Não fale mal de Soros

O hard-landing chinês é praticamente inevitável. No Brasil nem chegamos a decolar de maneira sustentável, mas se depender da criatividade do governo, nosso aviãozinho vai parar no fundo do poço.

Compartilhe:
Enviar link para o meu e-mail
Não fale mal de Soros

00:04 - Mau agouro

Cansadas de tanto sobe e desce, as Bolsas hoje flertam com a estabilidade.

Porém, eu e você sabemos que Bolsas não nasceram para ficar estáveis – o que gera apreensão.

Minha parte desta apreensão, no momento, está focada em China.

Ouvi o CEO da Apple anunciar educadamente que o país dá sinais de suavidade econômica (whatever that means).

Ouvi também George Soros, que dispensa eufemismos: “hard landing chinês é praticamente inevitável”.

Em reação controversa, os jornais chineses amaldiçoam o megainvestidor.

Eu nunca falo mal de George Soros; dá mau agouro.

Em 1997, logo antes da crise asiática, o primeiro-ministro da Malásia resolveu chamar Soros de “um perfeito idiota”.

Deu no que deu.

01:17 - O lobista

Quanto vale um indivíduo desconfiado, disciplinado, numa sociedade corrompida?

Joaquim Levy aprendeu na pele de cordeiro.

Nelson Barbosa ensina como lobo.

O homem é o lobo de Dilma Rousseff.

Aguarde aí novas linhas de crédito para exportadoras e PMEs.

Com recursos do Banco do Brasil para financiar o agronegócio. E recursos da Caixa para financiar habitação.

É tudo o que não precisamos: mais crédito.

R$ 50 bilhões em crédito para um País que não paga as contas fiscais.

Ideia criativa: vamos resolver dívida com mais dívida.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

 

02:23 - Bandeira rosa

A criatividade deste novo Governo Dilma vai longe, chega até a conta de luz.

Tínhamos bandeira verde, amarela e vermelha. Agora teremos também a rosa.

Já bandeira branca, não posso mais.

Aneel aprovou novos valores para as classes tarifárias em 2016. Dentro da bandeira vermelha foi criado um patamar de R$ 3,00 para cada 100 kWh, abaixo dos R$ 4,50 atuais.

Embora a surpresa seja positiva, acaba não provocando impacto relevante.

Continuamos projetando níveis acima de 7,5% de IPCA para o ano fechado.

Fomos salvos do apagão por São Pedro e pela destruição do PIB.

Estamos, portanto, 50% tranquilos.

São Pedro pode até mudar de humor, mas a destruição do PIB veio para ficar.

03:21 - IPCA vs IGPM

Preocupadíssima com a inflação em 2016, nossa especialista em renda fixa Marília Fontes tem estudado com afinco a disputa do IPCA versus IGPM.

Há muitas inflações por trás de uma inflação “oficial”.

Qual indexação tende a ser mais eficiente neste ano?

Marília lembra que o universo de Fundos Imobiliários é terreno fértil para essa disputa.

Há FIIs indexados em IPCA e FIIs indexados em IGPM – para todos os gostos.

Sinta-se à vontade para escolher seu preferido entrando aqui.

04:27 - Empiriscope

Hoje pela manhã, recebi mensagem da Catarina aqui da Empiricus.

Meninos, nosso Periscope vai ser sobre “quais ações comprar”.

É 16h30, mas eu pedi para o Max e o Bruce descerem no estúdio 16h20.

Tem como fazer uma imagem pra divulgar nas redes sociais amanhã cedo?

E fizeram esta imagem (é só clicar nela para cair direto no nosso Twitter e acompanhar ao vivo, a partir de 16h30).

unnamed

Links Recomendados

.: Veja como investir SEM DINHEIRO e obter lucros de R$ 9 mil, R$ 50 mil ou R$ 90 mil
.: Espresso Financista: Mercado tem cautela antes de Fed e medidas do Conselhão
.: Como obter altos retornos com propriedades para aluguel

Conteúdo exclusivo para quem é PRO

.: Outlier (exclusivo PRO)
.: Saindo mais fortes da crise (exclusivo PRO)
.: A ação darwinista (exclusivo PRO)

Por R$ 12,90 ao mês você tem acesso a todo o conteúdo.

Adquira o conteúdo completo

Conteúdo recomendado