Nossas perguntas preferidas

Temos muitas perguntas, mas os últimos dias nos deram uma certeza: Tombini perdeu o poder de controle da SELIC para todas as esferas possíveis.

00:07 - Marolão

Com mais um pregão no vermelho para o mundo todo, ações globais se aproximam do bear market.

Bolsas europeias negociam na mínima dos últimos 13 meses.

Petróleo negocia na mínima dos últimos 12 anos.

O que remete à pergunta mais debatida em nossa recente reunião de analistas.

Por mais barata que esteja, como a Bolsa brasileira pode se recuperar enquanto o resto do mundo derrete?

Não é tão mal, entretanto, que ela fique ainda mais barata.

Afinal, somos compradores.

01:12 - Caixeiro-viajante - parte I

Outra pergunta que deu pano pra manga.

A China, de fato, tem caixa para eliminar as chances de uma crise extrema?

Por um lado, são US$ 3,3 trilhões em reservas…

Eu sei, números absolutos impressionam, mas não nos convencem.

A razão entre reservas internacionais e base monetária (M2) na China está em 15,5%, que é o menor nível desde 2004.

Se houver nova fuga em massa de dólares, isso pode se tornar um problema gigantesco.

02:25 - Caixeiro-viajante - parte II

O mesmo problema gigantesco, sob outra ótica.

Como funciona esse lance de preservar reservas internacionais enquanto se deseja maxidesvalorizar o yuan?

O gráfico da Bloomberg denuncia a clara correlação entre o câmbio chinês e as reservas dolarizadas.

Não existe mágica. Para o câmbio cair, as reservas têm que encolher.

m5m-200116
Experts em China avaliam que o Governo pode derrubar o yuan em até -50% neste ano.

E provavelmente o fará de uma vez, rapidamente, enquanto tiver os US$ 3,3 trilhões de lastro.

Que lastro temos nós neste contexto eventual?

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

03:23 - O fã de Pombini

Alexandre Pombini já perdeu o controle da Selic por dominância política, dominância fiscal e, agora, por dominância externa.

Ainda assim, mantém um grupo de fãs incondicionais.

O presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, é um deles.

Elogiou a nota divulgada pelo presidente do BC, que usou o FMI de muleta.

Trabuco afirmou também que a ideia de usar bancos públicos como instrumento para reativar a economia é correta.

Você está surpreso?

Bradesco é o único banco privado da história que sonha em se tornar estatal.

04:28 - Legado Empiricus

Somos quem podemos ser, sonhos que podemos ter.

À esta altura, talvez você já tenha sido apresentado ao novo projeto do Felipe, batizado de Legado Empiricus.

Você ainda pode se inscrever-se na lista preferencial para conhecer o Legado.

É simples, rápido, seguro e totalmente gratuito.

Basta clicar aqui para compor a lista e ter acesso às informações.

Só quem estiver nessa lista receberá os detalhes sobre o projeto e terá acesso a benefícios exclusivos.

Queremos não apenas dar dicas para nossos leitores ganharem dinheiro, mas também formar investidores autossuficientes, capazes de aprender continuamente.

Links Recomendados

:. 5 estratégias definitivas para você criar riqueza AGORA MESMO sem depender do GOVERNO.
:. Espresso Financista: Sinais mistos de Tombini e pessimismo externo afetam mercado
:. Mais imposto na renda fixa?

Conteúdo exclusivo para quem é PRO

.: A meta de 2017 foi pro espaço (exclusivo PRO)
.: Mercado faz o que Pombini não faz (exclusivo PRO)
.: Virou abóbora (exclusivo PRO)

Por R$ 12,90 ao mês você tem acesso a todo o conteúdo.

Adquira o conteúdo completo

Conteúdo relacionado