Plunct Plact Zum

Chegamos aos últimos pregões do ano. Seu foguete está louco para viajar pelo universo. Mas os volumes de negociação são bem menores. Em geral, confunde-se “volumes menores” com menor probabilidade de ...

Compartilhe:
Enviar link para o meu e-mail

00:06 - Prêmio-calendário

Chegamos aos últimos pregões do ano.

Seu foguete está louco para viajar pelo universo.

Mas os volumes de negociação são bem menores.

Em geral, confunde-se “volumes menores” com menor probabilidade de ocorrência de fatos relevantes.

Não há, necessariamente, um vínculo entre essas duas coisas.

Porém, caso um fato relevante aconteça nestes dias desertos, as lacunas de volume permitirão que aproveitemos ainda mais as oportunidades geradas.

Isso é um tipo de prêmio-calendário que o mercado oferece para quem não tira férias.

01:18 - Premium pass

A Empiricus replica esse prêmio-calendário aos seus leitores.

Com um Premium Pass à disposição, você adquire passe livre aos serviços premium da Empiricus por 30 dias, 
sem compromisso.

Após esse período, escolhe qual dos serviços você quer manter por um ano, sem pagar mais nada.

Trata-se de algo inédito, por tempo limitado.

Dentro do estoque restrito de 500 Premium Pass, um deles está reservado para você que não saiu de férias.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

02:15 - Assim que acabar o recesso

Governo Dilma não tem direito a prêmio algum, mas também não pode se dar ao luxo de sair de férias.

A presidente convocou reunião para esta segunda-feira, em Brasília, com a equipe econômica.

Querem desenhar um pacote de medidas a serem apreciadas pelo Congresso logo na volta do recesso.

O Governo planeja medidas econômicas para a volta do recesso.

Mas o que será que a volta do recesso planeja para a governabilidade de Dilma?

03:25 - Chega de saudade

Conforme bem lembrado por Marcos Lisboa em entrevista a O Financista:

“Meu temor é que, se não for enfrentada a agenda necessária, em 2016 nós vamos ter saudades de 2015”.

Mantendo-se tudo como está, espero três agravantes para o 1T16:

(i) Sensível piora do desemprego e, sobretudo, da percepção de desemprego.

(ii) Crise de saúde vista no RJ se alastrará por outras unidades federativas (não necessariamente na saúde), pois há vários governos estaduais enfrentando séria escassez de caixa.

(iii) Protestos populares que parecem programadamente tímidos tornar-se-ão inesperadamente fervorosos.

04:26 - Carimbador maluco

Plunct Plact Zum não vai a lugar nenhum.

Tem que ser selado, registrado, carimbado, avaliado, rotulado… se quiser voar.

É preciso o carimbo do ajuste fiscal dando o sim, mas não há sinal da papelada.

Hoje, às 14h30, conheceremos mais um déficit do Governo Central.

De quanto será? Façam suas apostas!

Tem gente enxergando R$ 10 bi, tem gente enxergando R$ 20 bi.

Como pode, às vésperas de anúncio, haver tamanha variedade de expectativas?

Boa viagem, até outra vez.

Conteúdo recomendado