Use nosso Periscópio às 15h

00:08 - Pé direito

Eu, Rodolfo, voltei de férias.

Enquanto estive viajando com minha esposa, a Bolsa brasileira acumulou nove pregões consecutivos de alta.

Em meu primeiro dia de retorno, o Ibovespa derrete até -3%.

Alguns engraçadinhos aqui da Empiricus estão me chamando de pé trocado. Eles não falam na minha cara, mas ouvi conversas no banheiro.

Os pés trocados jamais se reconhecem como pés trocados.

Considero-me, portanto, um sujeito de muita sorte.

Aos preços de tela, qualquer queda adicional das ações abre uma rara oportunidade de compra.

Quanto mais intensa a queda, maior a oportunidade.

01:15 - A partir das três

Logo que entrei no escritório pela manhã, percebi que as férias haviam acabado.

Felipe Miranda levantou da cadeira, me deu um abraço forte e fez o convite: vamos usar nosso Periscópio?

Meio sem jeito, acabei topando.

O resultado é tal que, a partir das 15 horas desta terça-feira, eu e o Felipe entraremos no ar com um vídeo de dez minutos que coloca o estresse de hoje em contexto.

Esse vídeo será transmitido via Periscope – o aplicativo do Twitter que concede aos primatas da tecnologia (nosso caso) o privilégio de publicar conteúdo online de boa qualidade.

Instale o aplicativo no seu celular. Se eu consegui, você também consegue.

E então aguardo você no Twitter da Empiricus, a partir das três da tarde.

Se não der para assistir ao vivo (mais legal), a gravação fica disponível por 24 horas (menos legal, mas ainda assim legal).

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

02:31 - Eu sou você amanhã

Periscópios são dispositivos que permitem observar coisas que estão fora do campo direto de visão.

Por exemplo: acima da marca d’água.

 

 

O periscópio do Banco Central brasileiro se chama “Samba”, e é conhecido no mercado como um “supermodelo de projeções econômicas” (whatever that means).

Recalibrando o Samba, o BC descobriu o principal responsável por alimentar a inflação de 2013 para cá.

O principal responsável é o próprio BC, que havia experimentado com a Selic a 7,25% ao ano.

As lentes de alguns periscópios são espelhos.

03:17 - O grande ditado(r)

Existe um grande ditado em Economia que prega:

“Não há nada que um supermodelo diga a posteriori que não seja capturado com antecedência pelo simples bom senso”.

Ok, esse ditado não existe. Eu acabei de inventar isso.

Penso que, se o ditado existisse, as Ciências Econômicas seriam mais úteis e prósperas.

Ironia que o Banco Central tenha feito toda a diferença alguns anos atrás e agora não possa sequer influenciar na inflação.

Impera a dominância fiscal – é o que mostra nosso Periscópio.

Isso explica por que os juros futuros assumem uma volatilidade muito maior do que a deduzida pelas expectativas de variação da Selic.

Enxergou o problema?

Mais detalhes no vídeo de hoje.

04:29 - Pé esquerdo

Enquanto o Ibovespa flerta com mínimas pré-históricas, a Previ discute reduzir gradualmente sua exposição a renda variável.

Definitivamente, o timing da Previ não é dos melhores. Estão vendendo bem na hora de comprar.

O engraçado é que, ao ler as opiniões do presidente da Previ no Valor, fiquei com a nítida impressão de que ele não queria estar reduzindo exposição em Bolsa.

Não deve ser fácil investir coletivamente ao contragosto pessoal.

Felizmente, você não precisa lidar com esse tipo de contradição.

O investidor individual pode se dar ao luxo de colocar seu dinheiro naquilo em que realmente acredita.

São apenas esses os investidores convidados a participar do Clube Empiricus.

Links Recomendados

Você é o grande responsável pelo nosso sucesso

Conteúdo exclusivo para quem é PRO

.: Não parece razoável (exclusivo para o PRO)
.: Derrapando na curva (exclusivo para o PRO)
.: Como fazer omelete? (exclusivo para o PRO)

Por R$ 12,90 ao mês você tem acesso a todo o conteúdo.

Adquira o conteúdo completo

Conteúdo relacionado