Como começar?

É extremamente difícil sair da nossa zona de conforto e fazer algo novo.

Compartilhe:
Enviar link para o meu e-mail
Como começar?

Uma newsletter semanal, um investimento, um plano de academia, uma conta na corretora, um ano, uma assinatura, uma nova vida…

É extremamente difícil sair da nossa zona de conforto e fazer algo novo.

Mesmo que seja algo que, comprovadamente, vai melhorar sua vida ao longo do tempo.

E não é algo tão inovador assim. Muita gente faz, há muito tempo.

Só precisamos dar o primeiro passo.

Você não me conhece

Mas eu conheço você!

Não é pretensão, não é arrogância. Mas eu já fui como você.

Já estive desse lado do balcão (monitor).

Há algum tempo, eu também me perdia com toda essa informação desencontrada a que somos expostos, diariamente, ao tentar investir nosso rico dinheirinho.

E é contra isso que vamos lutar, semanalmente.

Um pé depois do outro

Briguei muito por um pequeno espaço semanal para comentar com vocês sobre ações.

(Na verdade, foi exatamente o contrário. O Felipe pediu, e eu já tinha aceitado muito antes dele chegar à minha mesa.)

E aqui estamos.

Já deixo bem claro que sou um grande entusiasta do “value investing” e da dupla Warren Buffett e Charlie Munger.

Não porque eles são velhinhos afáveis (e são mesmo!). Mas porque o que eles fazem (e falam) faz todo o sentido.

Vamos aproveitar este espaço para falar algo completamente diferente do que as corretoras, bancos de investimento, acadêmicos e/ou aquele colega de trabalho dizem sobre investir em ações.

Investir não é prever o futuro nem seguir a manada. É o contrário disso.

Investir é como jogar pôquer, blackjack, truco, tranca, buraco…

Investir é entender as probabilidades e fazê-las trabalhar a seu favor!

Investir é focar em não perder, e não em quanto ganhar!

Para isso, precisamos apenas seguir o que Buffett e Munger graciosamente nos ensinam. E, ainda por cima, não cobram nada por isso.

Bem-vindo ao Superinvestidores de EmpiricusVille

A ideia aqui é criarmos uma parceria.

Eu e você, você e eu.

Nós dois vamos discutir, semanalmente, o que são bons investimentos em Bolsa. E por quê, como e quando alguns ativos tornam-se verdadeiros achados.

Eu sei que você quer aproveitar as enormes oportunidades que a renda variável pode lhe proporcionar.

E também sei que você tem receios. A evolução genética humana nos preparou desta forma. Sempre que não compreendemos completamente alguma coisa, somos impedidos de prosseguir pelo medo.

E esse medo é extremamente salutar. Você deve ter medo de perder seu rico dinheirinho.

Você é o maior responsável por alocar de maneira eficiente o seu capital. Só depende de você!

Façamos um pacto.

Se o que discutirmos aqui fizer sentido, você compra sua primeira ação. Eu direi qual é, como fazê-lo e quando.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

Direi também que você deve começar muito (muito, mesmo) pequeno. Primeiro, vamos colocar apenas a ponta do dedão do pé na água.

Mas, muito em breve, estaremos nadando com os tubarões.

Um abraço,
Bruce Barbosa

Conteúdo recomendado