Vencendo seus medos

Não deixe que o medo te impeça de fazer bons investimentos.

Compartilhe:
Enviar link para o meu e-mail
Vencendo seus medos

Existem muitos riscos no mundo.

E o medo pode ser absolutamente paralisante.

Temos medo de engatinhar pela primeira vez.
Temos medo de caminhar pela primeira vez.
Temos medo de andar de bicicleta pela primeira vez.
Temos medo de ir à escola pela primeira vez.
Temos medo de falar em público pela primeira vez.
Temos medo de dirigir pela primeira vez.
Temos medo de empreender pela primeira vez.
Temos também medo de investir pela primeira vez.

Esses medos são naturais e importantíssimos para não deixar que você tome riscos desnecessários.

Mas, assim como você precisou vencer seus medos para chegar até aqui, admita, está na hora de vencer mais um.

Nao deixe que o medo te impeça de fazer bons investimentos.

E não o deixarei desamparado.

Farei tudo que estiver ao meu alcance, ou melhor, ao alcance desta carta, desta newsletter.

Afinal, só você pode cuidar do seu dinheiro da maneira que ele merece.

Não confie em seus familiares, em sua corretora ou em seu fundo. Este trabalho é, indiscutivelmente, seu.

Só seu!

Em quem confiar?

Sim, investir tem riscos. Sim, investir demanda algum trabalho extra.

Mas os 5 minutos semanais que você gastará lendo esta newsletter já é tempo suficiente para alocar seu capital de maneira responsável.

Você não precisa arriscar para investir bem.

Na verdade, a ideia de que precisamos tomar mais risco para ter mais retorno foi inventada por acadêmicos que nunca ganharam dinheiro investindo no mercado.

Você prefere acreditar nas teorias de quem nunca ganhou dinheiro ou na experiência de quem faz isso diariamente e por décadas?

Investidores que ganharam enormes fortunas fazendo exatamente o que pregam.

Vejam só a experiência gravada na cútis destes dois superinvestidores.

Por isso Warren Buffett e Charlie Munger são tão geniais.

Eu aprendo diariamente com eles. E muitos superinvestidores ao redor do mundo fazem o mesmo dos mais leigos aos mais sofisticados.

Ao contrário de mim (Bruce), eles têm toda a credibilidade do mundo.


O risco Brasil, o risco exterior, o risco de bolha, o risco de recessão, …

Sim, existem muitos riscos.

Mas esqueça o que você lê nos jornais sobre os riscos de investir em ações.

Esqueça a movimentação diária das ações no mercado — elas são completamente aleatórias.

Você só perderá dinheiro na Bolsa, em um prazo de investimento razoável, se os resultados da companhia em que investiu piorarem.

Isso mesmo. Os preços de mercado não lhe dizem nada.

Somente os resultados das companhias devem ser utilizados para analisarmos nossos investimentos em ações.

Naturalmente, seguindo o que aprendemos com Buffett e Munger, procuramos apenas aquelas empresas que possuem uma solidez ímpar de resultados.

Seguindo os Superinvestidores, nos preocupamos muito mais com o que podemos perder do que o que podemos ganhar.

E não é nem um pouco complicado.

Ações de boas empresas, compradas a preços atrativos, darão ótimos retornos com o passar do tempo.

E os preços estão atrativos agora.

Agorinha mesmo.

Mas não se desespere. Definido o “quando”, já na próxima semana lhe direi qual é a ação mais sólida entre todas da Bolsa.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

A ação que tem resultados tão resilientes que nos dá a melhor probabilidade de sucesso.

Afinal, somos extremamente conservadores com as nossas preciosas economias.

Conteúdo recomendado