Veja 8 erros que atrapalham a criação de riqueza

Atitudes como não se planejar e focar apenas no curto prazo deixam o sonho de aumentar o patrimônio mais distante da realidade

Veja 8 erros que atrapalham a criação de riqueza

Caro leitor,

Aqui é a Bruna Bessi, editora do Criando Riqueza e responsável pelas nossas mídias sociais.

Hoje escrevo a vocês sobre atitudes para enriquecer. Na verdade, vou falar sobre atitudes que você não deve tomar. Elaborei logo abaixo uma lista de erros a serem evitados no processo de enriquecimento.

Alcançar o primeiro milhão é uma tarefa árdua, muitas vezes vista como inalcançável. Você já deve ter sentido na pela a angústia por um objetivo que parece tão distante de ser alcançado. E esse medo é perigoso, pois pode impedir você de tomar atitudes racionais para perseguir seu milhão.

O que muitas vezes não entendemos é que atitudes rotineiras podem nos tirar do trajeto da riqueza.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

Por exemplo, quando não nos preocupamos em fazer um bom planejamento da nossa vida financeira, ficamos mais longe de ganhar dinheiro (e, em muitos casos, saímos no prejuízo).

Noto pelos comentários de nossos leitores que alguns acabam perdendo dinheiro por não se organizarem bem.

Alcançar uma posição de conforto na vida implica traçar planos, economizar e agir na hora certa. Mas como saber onde e quando investir? Obviamente, é preciso ler e ficar atento aos acontecimentos econômicos do país. É importante estar atento aos movimentos políticos e econômicos do país para proteger seu partimônio. Mas o processo vai além. Além de saber o que fazer, é imprescindível saber o que evitar.

Entenda tudo de finanças em apenas 30 dias

“Seu dinheiro está em jogo. Se você não entende nada de finanças, mude essa situação agora mesmo. Conheça o curso exclusivo que preparamos para todos os nossos leitores. Uma solução simples e acessível a qualquer pessoa que deseja transformar sua vida financeira.”

GARANTA O ACESSO AO CURSO

 

Por isso, nossos analistas e editores escrevem a você, todas as semanas, suas orientações para proteger seu dinheiro e construir um patrimônio.

Hoje, eu estou fazendo a minha parte com uma lista que mostra o que você deve EVITAR se pensa em criar riqueza.

Elaborei esse material a partir de dúvidas dos leitores e de conversas que tive com alguns profissionais especializados no assunto: Walter Poladian, planejador financeiro (CPF®) do Criando Riqueza, Rodrigo Zeidan, professor de economia e finanças da Fundação Dom Cabral, Reinaldo Domingos, consultor financeiro, e Myrian Lund, planejadora financeira e professora de finanças da FGV.

Observe atentamente cada um dos erros listados abaixo e otimize sua vida financeira:

– Manter o foco no curto prazo

Atenção! Quem busca criar riqueza deve pensar no longo prazo. Isso significa destinar recursos para investimentos que vão dar retorno no futuro.

O grande problema, segundo os especialistas, é que muitos investidores têm dificuldade em sujeitar-se aos riscos.

“Investir nos títulos com rentabilidade atrelada à variação da inflação é interessante no longo prazo, pois além de proteger seu patrimônio, eles estão pagando taxas muito atrativas”, afirma Walter Poladian, analista do Criando Riqueza.

“E o ideal seria aplicar também em renda variável, privilegiando sempre as boas companhias, de marca forte e margens estáveis, além de crescimento de longo prazo dos lucros por ação.”

Não à toa sempre orientamos os leitores do Criando Riqueza sobre como montar uma boa carteira de investimentos, com diversificação. Mais informações: Como montar uma carteira de investimentos

– Gastar sem pensar no amanhã

Não há como investir se você não tiver recursos disponíveis. Isso significa poupar, no mínimo, de 10 a 30% da renda mensal. E sim, isto é possível.

Mas é preciso esforço para encaixar a poupança (quero dizer, o hábito de poupar) dentro do seu orçamento. Cuide de retirar o valor logo que receber o salário e pagar as despesas.

– Não aproveitar as baixas do mercado

Investir significa acompanhar o mercado de perto. Nas altas e, principalmente, nas baixas. Tempos de crise afetam empresas que serão lucrativas no futuro, por isso, quem tiver dinheiro para investir na baixa, pode ter bons resultados.

Os analistas da Empiricus e do Criando Riqueza estão o tempo todo avaliando empresas sólidas e com bons fundamentos e costumam repetir a famosa frase de Warren Buffett: “Compre ao som de canhões e venda ao som de violinos”.

“Fique atento às noticias, pense racionalmente, não seja levado pela emoção e nem ache que tudo o que funcionou no passado será regra. Boas oportunidades surgem na crise”, afirma Rodrigo Zeidan, professor de economia e finanças da Fundação Dom Cabral.

– Perder a estabilidade na hora de investir

Criar riqueza exige foco e concentração. Muitos investidores ficam dispersos com os acontecimentos do dia a dia e perdem o foco. Não adianta ter ambições de crescimento se não se planejar para alcançar o objetivo.

É fundamental traçar um rumo e segui-lo. “Imagine que uma pessoa resolveu investir mensalmente R$ 100,00 num fundo de ações. De repente, a Bolsa começa a cair e esta pessoa para de investir. Aí está o erro, pois agora é exatamente o momento em que precisará colocar mais para aproveitar o retorno do fundo no processo de alta”, diz Myrian Lund, planejadora financeira e professora de finanças da FGV.

As Melhores Ações para o Rali do Impeachment

A maior manifestação da história do Brasil inflama ainda mais as perspectivas de troca de governo, principal motor dos mercados. Chegou a hora de capturar a próxima pernada do rali do impeachment que atingirá as ações.

SAIBA AQUI COMO SE APROPRIAR DESSES GANHOS

 

– Não traçar objetivos

Lembre-se de que a riqueza deve ser entendida como um meio e não um fim. É importante pensar sobre o que fazer com o dinheiro conquistado. E não ter apenas um objetivo, mas sim três, no mínimo, além de sempre reavaliá-los. Dinheiro sem finalidade, na maior parte das vezes, é dinheiro perdido.

“Para crescer financeiramente precisamos abdicar de prazeres momentâneos. Grande parte dos nossos gastos são feitos sem percebermos. E isso acontece porque não temos objetivos bem definidos, ou seja, sonhos de curto, médio e longo prazos”, diz Reinaldo Domingos, consultor financeiro.

Mark Ford, guru do clube Wealth Builders Club (WBC) Brasil, costuma sugerir aos seus leitores que acordem uma hora mais cedo, se assim for preciso, para tratar de seus objetivos de vida realmente importantes.

– Esquecer a planilha de controle dos gastos

Erra quem não se planeja. Fazer contas de cabeça é o caminho que nos leva à confusão. A nossa mente esquece das pequenas despesas, mas, quando fazemos a soma, entendemos que são elas que representam boa parcela do orçamento.

Portanto organizar a planilha financeira e verificar o que pode ser reduzido ou eliminado é a melhor saída. “Lembre-se ainda de que a planilha precisará sempre ser atualizada e revista. Atingiu algum objetivo, vamos colocar outro no lugar”, afirma Myrian.

Confira a planilha de orçamento criada pela equipe do Criando Riqueza

– Não ter reserva de emergência

Quem é rico não trabalha sempre na linha de risco, afinal, entende que emergências acontecem. O recomendado pelos especialistas é guardar o valor de pelo menos seis meses de trabalho, pois isso trará segurança ao orçamento. Faça um esforço e evite cair em empréstimos ou no cheque especial.

É o nossos editores e analistas do Criando Riqueza dizem: tenha sempre um colchão de liquidez.

– Desanimar com a crise

Criar riqueza é algo que implica saber atravessar bons e maus momentos. Quem deixa o sentimento de desânimo contaminar os investimentos erra feio. Saiba que na crise também surgem oportunidades para crescer. Por isso, seja perseverante e acredite nos seus sonhos, adequando os gastos do momento e apostando nos investimentos que forem rentáveis.

“O problema durante a crise é que muitos investidores não percebem o ponto da mudança”, afirma Zeidan.

Leitura sugerida:

– Veja como investir SEM DINHEIRO e obter lucros de R$ 9 mil, R$ 50 mil ou R$ 90 mil

– Conta corrente sem tarifa, conhece?

– Gestora SPX aposta na queda da bolsa e alta do dólar

 

Nesta última semana, lançamos o blog do Criando Riqueza, um espaço para publicarmos o que nem sempre cabe nas newsletters. É o caso de comentários extras e notas urgentes e que consideramos interessantes. Dessa forma, criamos um novo ambiente de discussões sobre o universo dos investimentos pessoais e da educação financeira. Pretendemos também abordar dúvidas comuns aos nossos leitores e dividir com vocês os bastidores de nosso trabalho. Entre e confira!

 

Dúvidas sobre IMPOSTO DE RENDA?

Estamos preparando para as próximas semanas uma newsletter especial sobre Imposto de Renda. Aproveite para nos enviar suas dúvidas e sugestões para bruna.bessi@criandoriqueza.com.br.

Um abraço,
Bruna Bessi

Conteúdo relacionado