Desvendando o economês

Aprenda a falar a língua do seu gerente do banco ou assessor de investimento e aplique com confiança

Compartilhe:
Enviar link para o meu e-mail
Desvendando o economês

Tenho uma confissão a fazer! Não nasci com o “talento da economia”.

Quando comecei a ler jornal diariamente, já na minha adolescência, sempre pulava o caderno de Economia. Começava por Cultura, partia, então, para Cidades, depois devorava Política, adorava Mundo e, às vezes, espiava o que se passava no universo do Esporte. 

Até dava aquela “geral” bem por cima nos destaques de Economia, sem me atentar a nada em especial.

O assunto não me interessava? Naquela época, achava que não!

Tudo me parecia chato e bem distante do meu dia a dia. Economia não é para mim, eu dizia.

Mas a verdade é que eu não me identificava com aquele ambiente hostil dos termos econômicos, me sentia um peixe fora d’água. Não sabia o que era Selic, me assustava com o tal déficit fiscal, não fazia a menor ideia de por que era tão importante o tal do superávit primário e não entendia de jeito nenhum o que queria dizer o chamado balanço de pagamentos.

Quando muito, dava uma atenção especial às notícias envolvendo o dólar. Isso, sim, interessava, e muito, ao meu bolso, já que estava permanentemente pensando em viajar!

O mundo, como bem sabemos, dá muitas voltas e acabei caindo nesse gigante e complexo universo econômico. Aprendi, na raça, lendo muito, estudando mesmo cada conceito macroeconômico e suas relações com meu dia a dia e com o mercado financeiro.

Não foi nada fácil, admito. Tive de aprender outra língua, o tal “economês” dos engravatados da Faria Lima, dos acadêmicos da FGV, dos entrevistados de bancos, corretoras e gestoras.

Hoje, depois de dez anos atuando nesse meio, olho para trás e penso que poderia ter sido mais fácil. Economia deveria, sim, ser para todos. E se não nos sentimos incluídos nesse meio, algo está muito errado.

Por isso, hoje vim fazer um convite.

DESAFIO: SUA VIDA FINANCEIRA MUDARÁ EM 22 DIAS

Todos os dias, ótimos profissionais como você perdem dinheiro por não saberem investir.

Queremos propor um desafio: em apenas 22 dias, mudaremos sua relação com as finanças.

E você não gastará nada para ter acesso a este programa.

Conheça agora a forma mais simples, rápida e acessível para você ganhar dinheiro.

QUERO TER ACESSO AO PROGRAMA GRATUITO

Se pudesse voltar no tempo, teria aprendido economia antes. Certamente eu teria investido meu dinheiro, por menor que fosse, desde cedo, teria entendido quando faria sentido financiar minhas compras, como poderia planejar uma economia mensal para realizar alguns sonhos e poderia falar de igual para igual com qualquer pessoa desse mundo. Deixaria de estar fora daquele “clube”.

Se pudesse voltar no tempo, teria recorrido à ajuda de alguém que entendesse meus dilemas, pegasse na minha mão e me fizesse entrar, aos poucos, com cuidado, de forma bastante confortável, no universo financeiro.

Pensando no meu caminho e nas dúvidas que carreguei ao longo dos anos, convido você a participar do programa FinanceiraMENTE. Serão quatro aulas básicas voltadas a todas as pessoas, principalmente aquelas com pouco conhecimento, sem experiência e com vontade de aprender a investir.

Mais uma vez, correndo o risco de “apanhar” aqui na empresa, de nada adianta assinar qualquer produto da Empiricus se você não entender o básico da economia. E acredite: muitos assinantes, até de produtos bem sofisticados, me escrevem diariamente com dúvidas aparentemente simples, mas que são muito recorrentes.

São casos como o do Anderson C.

O Tesouro Direto (IPCA + 2035 NTN-B Principal) cobra Imposto de Renda? Qual é a alíquota? O IR é pago sobre o lucro, correto, não sobre o montante?

Ou como da Paula V.

Não entendi como um aumento de juros seguraria a inflação. Se aumentam os juros, os preços aumentam também e com isso a inflação, não? Por favor, me ajudem com essa dúvida.

Alguns leitores, como o Gustavo A., ainda estão tentando entender como a macroeconomia se relaciona com as ofertas de investimentos.

Eu vejo o CDB como uma construção de patrimônio. Vejo que os juros vão começar a deixar o CDI mais baixo e, com isso, para quem vai começar, e com valores menores no começo, qual seria uma boa sugestão?

E outros, como o Claudio J., que representam a maioria, querem saber quando o investimento vale efetivamente a pena.

Tenho recebido ofertas de investimentos com rendimento de 125 por cento do CDI. Qual é sua opinião sobre isso?

Tento responder ao maior número de e-mails possível, mas é inviável dar conta de todos. Teria de abrir mão de todo o resto do meu trabalho…

Por isso, o programa FinanceiraMENTE vai tratar de dúvidas como as do Anderson, do Daniel, da Paula e do Claudio. Essas também já foram um dia as minhas angústias, e espero que, assim como eu, todo leitor possa finalmente relacionar juros, PIB, inflação, câmbio e desemprego para, depois, começar a investir.

Não me entenda mal. Seguir as recomendações da Empiricus é ótimo. Mas não basta.

Como já falei neste espaço, não quero um bando de robôs imitando tudo que um grande mestre diz. Você precisa assumir a rédea da sua vida financeira e estar consciente   e confortável com os riscos assumidos para multiplicar seu patrimônio.

Por isso, o convite está de pé! Além de abordar os conceitos básicos de economia, vou explicar o que significa CDB, LCI, LCA, como funcionam os fundos de investimento e imobiliários, as debêntures e até a nossa (da Empiricus, eu digo) detestada poupança.

A ideia é você entender os riscos, quanto precisa para investir em cada produto, quando efetivamente faz sentido comprar qualquer um deles e como ganhar dinheiro, é claro.

Teremos ainda outros destaques: uma aula só sobre Tesouro Direto e outra só sobre ações, dada pelo Rodolfo Amstalden, responsável pelo PRP.

E aí, se animou?

ACESSE ESTE LINK PARA CONHECER
MELHOR O FINANCEIRAMENTE

A porta já está aberta. Espero você!

Se já tiver alguma dúvida ou angústia para esclarecer, escreva para beatriz.cutait@empiricus.com.br. Quero saber sua opinião!

A primeira monitoria do curso já começa nesta sexta-feira!

Um abraço!

Beatriz

Links Recomendados

:. Uma loja virtual para chamar de sua

:. 1.009.206,99 reais na sua conta

Conteúdo recomendado