Entrevista: conheça a atuação da Cetip

Referência do mercado de renda fixa, empresa executa registro e custódia de títulos e garante sua negociação e liquidação

Entrevista: conheça a atuação da Cetip

Caro leitor,

A renda fixa está na boca do povo há algum tempo. Também pudera! Com a taxa básica de juros em um nível historicamente elevado, em 14,25% ao ano, é natural que as recomendações estejam voltadas a aplicações mais conservadoras, pois muitas vezes não faz sentido correr tanto risco na renda variável quando a renda fixa está entregando retornos para lá de satisfatórios.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

E imagino que você esteja seguindo à risca nossas indicações, com sua carteira mais concentrada em títulos públicos, comprados via Tesouro Direto, e em títulos privados, emitidos por instituições financeiras e empresas. Até aí, perfeito!

Mas é importante que você conheça quem está por trás desses mercados. Você sabe quem conecta as instituições participantes, executa o registro e a custódia (guarda) dos títulos e garante a negociação e a liquidação deles? Quem efetivamente assegura que as operações financeiras aconteçam?

Clique aqui ou na imagem para conferir a entrevista completa

A origem da Cetip

É aqui que entra o tema da nossa newsletter. Hoje vou falar da Cetip, uma instituição que vai completar 30 anos de existência em 2016, mas que, diferentemente da BM&FBovespa, referência do mercado de renda variável, ainda é pouco conhecida pelo investidor pessoa física.

Por isso, decidi entrevistar Carlos Ratto, diretor-executivo da unidade de títulos e valores mobiliários e de marketing e comunicação da Cetip, para tirar as dúvidas mais simples sobre a empresa e apresentar a você alguns dos serviços que podem facilitar seus investimentos.

Quando compra um CDB ou investe em LCIs, LCAs e debêntures, você não adquire algo físico, que possa exibir para os amigos e a família. Você tem em mãos apenas um documento que comprova a posse. Mas e se decidir vender o título antes do prazo final do investimento ou se quiser trocar de corretora: onde checar a existência do investimento? Bingo! Na Cetip.

Com cerca de 15 mil clientes, como fundos de investimentos, bancos, corretoras e distribuidoras, entre outros participantes, a empresa tem duas unidades: de financiamento e de títulos e valores mobiliários, nosso foco nesta newsletter.

A Cetip é uma empresa de capital aberto e está em processo de fusão com a BM&FBovespa. Embora seja fundamental você conhecer sua estrutura, a empresa não tem relação direta com a pessoa física, como explica Ratto. “O que a gente provê são informações daquilo que está registrado aqui. A gente é a infraestrutura do mercado financeiro, temos relação direta com os bancos e as corretoras.”

Serviços

Entre os serviços mais conhecidos da Cetip pelo pequeno investidor, está o cálculo da taxa DI, principal referência das aplicações de renda fixa, que você consegue checar no site da empresa.

Ainda é possível calcular, por meio de um aplicativo chamado “Applica Cetip”, a rentabilidade de um investimento com base num percentual do CDI. A ideia, explica Ratto, é checar se o retorno prometido na hora de uma aplicação foi efetivamente entregue no período.

Na parte de empréstimos, em uma operação indexada ao CDI, é possível conferir se a informação dada pela instituição financeira bate com as taxas acumuladas do CDI, conta o diretor da Cetip.

Outro serviço da empresa é o “Cetip Certifica”, um selo que mostra ao investidor pessoa física onde estão e quais são os ativos registrados em seu nome, obrigação de bancos e corretoras que ofertam ativos de renda fixa como CDBs, LCIs e LCAs.

Atualmente 59 instituições possuem esse selo, que garante o registro de 100% das operações pela corretora ou pelo banco na Cetip e provê um extrato dos investimentos ao investidor.

“O investidor que estiver comprando LCI, LCA ou CDB através de uma corretora com o selo Cetip Certifica pode e deve requisitar à corretora o extrato da Cetip de seus investimentos. Lá, ele vai ter a certeza de que aqueles títulos existem e estão no nome dele na Cetip”, orienta Ratto.

O Supercombo da MULTIPLICAÇÃO de Capital

Pela primeira vez, a Empiricus junta as maiores oportunidades de valorização e lhe dá 3 MESES DE ACESSO GRATUITO para ganhar dinheiro.

Com elas, você pode transformar R$ 500 em R$ 40 mil.

CLIQUE AQUI PARA TER ACESSO IMEDIATO
AO SUPERCOMBO

 

Confira abaixo as perguntas respondidas pelo diretor da Cetip para nossa equipe:

1. Como foi criada a Cetip?

2. O que faz a Cetip?

3. Quantos participantes atuam hoje dentro do ambiente Cetip?

4. Quais são os principais ativos registrados hoje na Cetip?

5. O que pode ser consultado pelo investidor pessoa física no site?

6. O que é o Cetip Certifica?

7. O que é um título cetipado?

8. Como um investidor pode reclamar de um título que não estiver cetipado em sua corretora?

9. Qual o papel da Cetip na transferência de ativos, se uma corretora deixar de operar em um segmento ou houver suspensão das atividades?

10. Quais ativos têm sido mais demandados neste ano?

11. Qual a perspectiva da Cetip para os COEs (Certificados de Operações Estruturadas)?

12. O que pode ser feito para estimular o mercado secundário de renda fixa?

Espero que goste!

Na próxima semana, o assinante do plano “Você Investidor” já terá acesso ao relatório mensal do mês de maio. Nele, entrevistamos o  analista da Empiricus Max Bohm, que explica tudo que você sempre quis saber sobre o universo das pequenas empresas, as chamadas “microcaps”. E diz em qual delas você pode investir agora.

Já o nosso planejador financeiro, Walter Poladian, apresenta os critérios que você precisa levar em consideração na hora de selecionar (bons) títulos de renda fixa privados.

André Zara, editor da newsletter “Criando Negócios”, ainda mostra como atuar como consultor após a aposentadoria. Não perca!

Clique aqui para ter acesso

 

E clique aqui para saber mais sobre o que a série “Você Investidor” inclui.

Um abraço,

Beatriz

Leitura sugerida:

– Em busca da originalidade do Banco Original

– Criando Riqueza: Um Guia Prático de Investimentos e Finanças Pessoais para Leigos

– Entrevista: Novo rali depende mais de realidade e menos de esperança, avalia consultoria de Roubini

Conteúdo relacionado