Investimento delivery

Uma lista com recomendações de boas aplicações financeiras que custam até 10 mil reais convenceria você a parar de procrastinar com seu dinheiro?

Compartilhe:
Enviar link para o meu e-mail
Investimento delivery

Quase todo mês sobra um dinheiro que fica simplesmente parado na conta do João, como que por inércia.

Vez ou outra, a Renata descola uma renda extra com algum trabalho temporário e sempre transfere para a poupança, para formar um volume mais expressivo e um dia poder realmente investir.

A Julia está a um passo de desistir de um dia poder aplicar, isso por não conseguir poupar um valor acima de 10 mil reais, considerado por ela o mínimo para conseguir um retorno interessante.

João, Renata e Julia são personagens da minha cabeça, mas poderiam muito bem ser você, algum amigo seu ou um familiar.

Grande parte das pessoas deixa de investir o dinheiro em alternativas efetivamente rentáveis (leia-se, além da poupança) por desconhecimento, insegurança, preguiça e opiniões equivocadas. Criam-se justificativas absolutamente sem nenhum fundamento para adiar planos, mudanças de vida e até projetos de família. E viva a nossa mania de adiar decisões importantes!

Todo mundo, em algum momento da vida, perde dinheiro pelas razões erradas, por não tentar, por se esconder atrás de ideias equivocadas.

Então, vamos direto ao ponto deste texto, que está mais com cara de uma chamada pública.

Se você não tem estômago para arriscar parte do patrimônio em busca de ganhos mais significativos, saiba que, mesmo que seu retorno esteja cada vez menor, há uma série de opções ao seu alcance que vão além dos tradicionais (e mal remunerados) CDBs dos grandes bancos.

E, se você ainda não entrou na Bolsa por julgar não ter renda suficiente para começar, entenda, de uma vez por todas, que é possível, sim, comprar ações a partir de valores pequenos, desde que os custos não onerem seu investimento.

De olho nas análises de toda a equipe da Empiricus, começamos uma série de relatórios no Você Investidor para mostrar boas opções de aplicações conforme diferentes faixas de renda.

No relatório inaugural, nosso foco está em alternativas até 10 mil reais. É claro que opções de títulos públicos estão presentes, mas vamos além deles. Há bons CDBs, LCIs, LCAs, fundos de investimento e debêntures que podem ser acessados aplicando até 10 mil reais. Mas todos os produtos mencionados não estão dentro dos grandes bancos, sinto lhe dizer.

Para facilitar sua procura, fizemos uma ronda nas principais corretoras e plataformas de bancos médios com o foco no pequeno investidor, para mostrar o que elas têm de melhor nessa faixa de aplicação.

Estamos falando de CDBs que paguem sempre acima de 100 por cento do CDI, LCAs com taxas de retorno a partir de 88 por cento do CDI e debêntures que podem ser acessadas por pouco mais de mil reais.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

Se quiser ingressar na Bolsa a partir da compra das três ações indicadas no plano Você Investidor, terá que gastar algo próximo de 6,5 mil reais.

E aí, investir é para você?

Espero que, em vez de se sentir constrangido por essa chamada pública, você tome alguma atitude.

Aguardamos sua leitura no plano Você Investidor. Até breve!

Um abraço,

Beatriz

Conteúdo recomendado