Minha corretora preferida

Qual instituição conta com as menores tarifas, a maior oferta de produtos e o melhor atendimento

Minha corretora preferida

TE PEGUEI!
Aposto 100 reais que você abriu este e-mail para ver um nome, um único nome de corretora para finalmente abrir uma conta ou trocar de vez de casa.

Estou segura desse jeito, porque essa é uma das perguntas que mais me fazem por aqui. Muda ano, entra um monte de gente na empresa, trocamos de escritório, mas certos hábitos nunca se perdem…

Peço desculpas, mas não vou dar essa resposta hoje. Nem amanhã. Nem na semana que vem.

Seria ótimo poder reduzir tão drasticamente o universo de corretoras a ponto de eleger uma só, mas, sinto informar, não existe A MELHOR. Cada corretora tem um perfil, que pode servir para mim e ser péssimo para você.

Funciona da mesma forma que os bancos. Existem grandes diferenças entre Bradesco e Itaú, por exemplo?

De maneira geral, todo mundo está sempre reclamando. Nunca recebi uma ligação de um amigo para contar o quão feliz estava com seu banco, que seu gerente era incrível e que eu deveria repensar minhas escolhas.

Na vida real, a gente escolhe um banco por uma questão de tarifas, serviços e até mesmo proximidade. No meu caso, uma conta foi aberta por conta do benefício de isenção de taxas em função do recebimento do salário. Quando era mais nova, outro banco fisgou minha atenção pelo apelo universitário.

No caso das corretoras, preço também conta. ÓBVIO. Mas a escolha deve passar por outras questões, afinal, a ideia não é deixar seu dinheiro parado, não se trata apenas de fazer uma gestão de caixa, mas de investir, de multiplicar seu patrimônio.

De que adianta pagar pouco de corretagem se o home broker cai toda hora? Ou, então, ser isento de taxa de custódia na renda fixa se as opções forem ultralimitadas?

Corretoras como Clear, Easynvest, Modal e Rico não cobram taxas de custódia de ações. Já instituições como Mirae, NewF e Icap se destacam pelos baixos valores de corretagem. XP, Guide e Genial, por sua vez, têm ofertas mais completas, que abrangem grande parte das recomendações feitas pela Empiricus.

E aí, alguma corretora pareceu superior a outra com base nessas simples descrições? Lógico que não!

Só posso garantir uma conclusão: as corretoras não vinculadas aos grandes bancos são muito melhores em termos de custos, atendimento e oferta de produtos. Quem acompanha os relatórios do Você Investidor sabe bem do que estou falando…

Além de cobrarem cerca de 0,5 por cento de taxa de administração no Tesouro Direto, os grandes bancos enfiam a faca no pequeno investidor quando se trata de corretagem — com um valor que pode chegar a 20 reais por ordem — e de taxa de custódia, com cobranças que encostam em 30 reais todo mês.

Além disso, nem preciso dizer que o principal interesse dos “bancões” está em vender a você produtos próprios. Outro dia, a gerente de uma amiga a fez investir num fundo imobiliário (adivinhe) da gestora do próprio banco, sem sequer perguntar se sua cliente conhecia o produto e os riscos envolvidos. Qualquer semelhança, certamente não será mera coincidência!

“ISENTÃO”
Isso significa que toda corretora independente é isenta? Claro que não!

Assim como falamos de gerentes de bancos, tem muito agente autônomo por aí despreparado ou que força mesmo a barra para vender produtos completamente inadequados para o seu perfil — ou que simplesmente o remunerem melhor.

Corretora ganha dinheiro fazendo você movimentar seu patrimônio, pagando mais taxas. Quanto maior o giro da carteira, maior o retorno para a instituição.

Por isso, é evidente que o conflito de interesses também está presente nas corretoras, ainda que em menor escala. Sejamos honestos: dependemos muito mais de um banco que de uma corretora. Logo, é mais fácil trocar de corretora para investir que de banco.

Não sejamos ingênuos: não existe mundo perfeito aqui. Mas há diferenças entre as instituições.

Além de preferir as corretoras independentes, recomendo que você abra conta em mais de uma casa. Nem que seja só para comparar a oferta e os custos cobrados, concentrando seus investimentos em apenas uma delas.

O Marcelo G. me escreveu semana passada perguntando como fazer um “casamento” entre as melhores taxas cobradas e as melhores taxas oferecidas por diferentes corretoras.

“Vale a pena ter uma corretora para Tesouro Direto com isenção de taxas, outra para títulos de renda fixa com taxas melhores, outra com taxas melhores em fundos de investimento e outra para ações?”

Sendo muito sincera, acho trabalhoso administrar tantas contas, Marcelo. Acho que duas corretoras ainda vai, mas quatro… é exagero!

A Zuleika V. me contou que quer centralizar seus investimentos em uma só casa para economizar nas tarifas de TED, já que sua corretora tem uma oferta menor de produtos.

O problema, segundo ela, é que outras casas cobram bem mais de corretagem na operação de ações, mas, em contrapartida, oferecem melhores opções de renda fixa.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

No que você mais investe, Zuleika: renda fixa ou variável? Como está distribuída sua carteira? E será que não dá para negociar com uma nova corretora, caso faça a portabilidade dos ativos?

Você não liga para o banco para chorar para aquela tarifa ser reduzida? Então por que tanto medo de conversar com sua corretora e, eventualmente, se encaixar num pacote de tarifas para girar mais a carteira pagando menos?

Está na hora de perder o medo de falar com as corretoras. Não é cobrado nenhum valor para abrir conta e navegar no home broker de uma nova instituição, conhecendo melhor seus preços e sua prateleira de produtos.

Nossa tabela comparativa de taxas facilita seu trabalho. Recomendo conferi-la para ficar por dentro dos diferenciais atualizados de cada corretora.

Um abraço,

Beatriz

PS: Como não adianta só escolher uma excelente corretora e não saber onde investir, minha recomendação de hoje vai para o Projeto 1MR®. Com duração de três meses, a proposta do Walter Poladian é ensinar você a multiplicar seu capital, com toda a ajuda da nossa equipe de consultoria personalizada. Como muita gente me pede um contato ainda mais próximo com os analistas, acho que essa é uma chance imperdível!

Conteúdo relacionado