Poupança x Tesouro Selic

Por que você insiste em deixar o dinheiro parado rendendo menos na caderneta?

Compartilhe:
Enviar link para o meu e-mail
Poupança x Tesouro Selic

A batalha é antiga, vem sendo travada há muitos e muitos anos.

Eu mesma já estou aqui há certo tempo e toda semana, impreterivelmente, o tema volta à tona em minha caixa de e-mails.

Claro, não é à toa, eu sei. O APEGO a ela é forte.

A poupança tem um poder de atração muito forte.

Acredito que a Empiricus tem contribuído para “desmistificar essa lenda”, por meio de uma série de recomendações simples e notadamente mais vantajosas, que poderiam (e deveriam) mudar a cabeça das pessoas. Mas se trata de uma cultura.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

Não sou ingênua, sei que grande parte dos meus próprios leitores ainda deixa dinheiro aplicado na poupança. Mas sempre me surpreendo com o valor abandonado lá…

Essa semana mesmo, o Flávio M. me escreveu um e-mail contando que tinha diversas aplicações, mas que estava com 70 por cento dos investimentos na poupança. 70 P-O-R C-E-N-T-O!!!

O Ivanildo B., por sua vez, me disse que tinha 10 mil reais na caderneta e que não sabia como investir por ter medo.

Mas foi a pergunta do Lucas N. que fisgou minha atenção.

Considerando a forte queda da Selic, até quando (em termos percentuais) ela ainda é atraente em comparação com a poupança?

Como o Felipe sempre diz, o futuro é bastante opaco, então resta a nós ter sangue frio para acompanhar a trajetória dos juros e orientá-lo da melhor maneira possível.

Por ora, Lucas, o ajuste continua, possivelmente num ritmo mais acelerado, depois da surpreendente redução da Selic de 13,75 para 13 por cento ao ano anunciada pelo Banco Central em janeiro.

Você sabe que grande parte das atenções do time da Empiricus está justamente numa eventual virada de mercado, mas ela ainda não se delineou e as oportunidades continuam a pipocar. Tanto é que, na Carteira Empiricus, houve uma mudança dentre os títulos públicos indicados. Já conferiu?

Mas gostaria de aproveitar a dúvida do Lucas para fazer uma reflexão sobre um passado nada distante. Que tal olhar para o desempenho da poupança nos últimos 10 anos?

Fonte: Quantum Axis

Por que você não deve deixar seu dinheiro na poupança?

Como você pode notar, ao longo da última década, a poupança não superou o CDI em NENHUM ANO. Para quem não se lembra, o CDI é o principal referencial das aplicações de renda fixa (como CDBs, LCIs e LCAs) e anda lado a lado com a taxa Selic, referencial de retorno para o título público Tesouro Selic.

Esses dados consideram a regra antiga de remuneração da poupança (0,5 por cento ao mês mais TR) até abril de 2012 e a regra mais “nova” (70 por cento da meta mensalizada da Selic, quando a taxa básica de juros for inferior a 8,5 por cento ao ano, mais TR) a partir de então. Para calcular a poupança de 2012, fizemos um mix, combinando o retorno pelos dois critérios.

Na última década, a Selic atingiu seu ápice em 14,25 por cento e o mínimo, em 7,25 por cento. E a poupança sempre perdeu do CDI. Só em 2016, estamos falando de um retorno de 8,3 por cento da caderneta, contra 14 por cento do CDI.

Logo, por que você insiste em deixar aquele dinheiro reservado para uma emergência na poupança?

Não sabe como investir no Tesouro Direto ou escolher os títulos públicos? Recomendo, então, ler o passo a passo (em texto e vídeo) disponível no Você Investidor. Você vai entender de uma vez por todas que a segurança é ainda maior no Tesouro, assim como a facilidade de aplicação. É só pegar o jeito!

E fique tranquilo. Quando (e se) a maré mudar, vamos informá-lo. Até lá, fique longe da poupança!

Tem alguma sugestão de tema para eu abordar aqui no Você Investidor? Então escreva para beatriz.cutait@empiricus.com.br.

Em março, quando começa a entrega da declaração do Imposto de Renda, teremos um guia no Você Investidor para responder as principais dúvidas sobre a tributação de cada investimento. Tem alguma questão? Envie-a, então, para o e-mail duvidasIR@empiricus.com.br.

Nos vemos na semana que vem!

Links Recomendados

:. Quem ganha com os IPOs?

:. O Quarto Ciclo

 

Conteúdo recomendado