FIRE#10: Nossa última conversa antes da parte prática

FIRE#10: Nossa última conversa antes da parte prática Aos dedicados entusiastas do FIRE, lembro que esta é nossa última newsletter antes do webinar ao vivo de domingo que vem, 18h30. Se você quer […]

Aos dedicados entusiastas do FIRE, lembro que esta é nossa última newsletter antes do webinar ao vivo de domingo que vem, 18h30.

Se você quer ser lembrado do webinar de 21 de julho, cadastre aqui seu número de celular para enviarmos um lembrete no dia, por SMS.

Depois de toda essa jornada, estamos quase prontos!

Ao completarmos hoje as dez edições de conversas semanais, já acumulamos um bom conhecimento teórico dos conceitos necessários à aposentadoria precoce.

É hora de fechar com chave de ouro, e faremos isso esclarecendo o real significado de liberdade financeira.

Quando a Andresa almeja liberdade financeira, a qual sonho ela está se referindo exatamente?

É claro que cada um de nós tem sua própria visão de liberdade, vinculada aos valores que atribuímos para bens de consumo, segurança, lazer, saúde, viagens, carros, imóveis, relacionamentos, etc…

E é claro também que, a despeito dessas preferências individuais, todos dependemos de dinheiro, mas, idealmente, sem ficarmos obcecados por dinheiro.

Trata-se de um meio, e não de um fim em si mesmo.

Gostaria então de descrever brevemente a imagem que eu tenho da minha liberdade financeira.

Talvez você se identifique com ela. De qualquer modo, espero que lhe ajude a definir sua própria imagem.

Passados quinze anos trabalhando com investimentos, o aprendizado mais interessante que eu tive diz respeito a quão pouco o dinheiro foi capaz de afetar as circunstâncias mais fundamentais da minha vida.

Sim, é verdade que eu hesito um pouco menos agora sobre se devo ou não comprar os livros e discos de que eu gosto (pois é, eu ainda ouço discos de vinil).

Também é verdade que eu costumo trocar de camisetas e de tênis com frequência um pouco maior do que no passado.

E toda vez que me dá vontade de presentear alguém próximo, fora de época de aniversário, com um item que eu encontre por acaso e que tenha relação genuína com a pessoa, eu o faço sem tantas ponderações.

De resto, porém, quase nada mudou.

Eu continuo acordando cedo para trabalhar, pratico algum exercício físico quando tenho vontade, adoro fazer churrasco, leio dois livros por vez – um de ficção e outro de não ficção.

Continuo frequentando os mesmos cafés, bares e restaurantes de antes. Tipicamente, lugares de bairro onde eu conheço os garçons.

Quase nada mudou – o “quase” é bem importante – porque lá no fundo daquilo que entendemos por consciência mental, algo se transformou radicalmente em mim.

Existe agora um saldo em minhas contas de investimento, com cifras crescentes ao longo do tempo. Eu posso consultar esse saldo de quando em quando, embora sem ansiedade.

Só de saber que o montante está lá, progredindo, e mesmo sem qualquer intenção de gastá-lo no curto prazo, eu me sinto aliviado, pois não preciso mais ficar pensando em dinheiro duzentas e vinte e oito vezes por dia, e não preciso mais ficar pensando sobre quão frágil e incerto será meu futuro financeiro daqui a dez ou vinte anos.

Esses eram pensamentos extenuantes, ao ponto de incomodarem profundamente o meu dia a dia, e não ter mais que ocupar minha consciência com eles é uma benção, é aquilo que eu chamo de liberdade financeira.

Esta é a enorme e verdadeira de vantagem de se ter um projeto próprio de aposentadoria versus não ter um projeto de aposentadoria.

Não é que você vai sair por aí comprando mais coisas, contratando serviços luxuosos, esbanjando ostentação.

Você vai simplesmente poder viver sua vida, daqui até o fim, com a paz mental de quem não precisa se preocupar ostensivamente com dinheiro. Essa é a benção do FIRE.

Um forte abraço, e até nosso webinar no domingo que vem, 18h30!

Rodolfo Amstalden

PS. Natan, fique tranquilo que eu não esqueci da sua dúvida sobre montagem de carteira. Eu e o Richard vamos abordar também este tema crucial no webinar do próximo domingo. Conto com a sua presença!

Inscreva-se em nossa newsletter