Novembro de 2017

FGTS – Onde investir o seu saldo?

O resgate das contas inativas do FGTS é uma oportunidade para que você coloque seu dinheiro em aplicações que realmente trazem retorno

Compartilhe:
Enviar link para o meu e-mail

Caro leitor,

A iniciativa do governo de liberar o saque de contas inativas do FGTS é uma boa notícia não só para quem precisa quitar dívidas, mas também para quem deseja investir esse dinheiro em aplicações que tragam um retorno real.

A atual rentabilidade do FGTS é tão ruim que os especialistas nem o consideram uma opção de investimento. Em 2016, com seus míseros 3% ao ano mais TR (taxa referencial, que rende um adicional aproximado de 1% ao ano), o FGTS perdeu até para a poupança.

Fonte: reportagem G1 de 23/01/2017

Essa é a oportunidade que você estava esperando para investir o seu dinheiro com segurança em aplicações que garantem liquidez e superam a inflação.

Calendário de Resgate do Saldo das Contas Inativas

Março
Sacará o saldo quem nasceu em janeiro e fevereiro

Abril
Sacará o saldo quem nasceu em março, abril e maio

Maio
Sacará o saldo quem nasceu em junho, julho e agosto

Junho
Sacará o saldo quem nasceu em setembro, outubro e novembro

Julho
Sacará o saldo quem nasceu em dezembro

O que é FGTS?

O FGTS ou Fundo de Garantia do Tempo de Serviço foi criado em 1967 para proteger o trabalhador demitido sem justa causa. Trata-se de uma conta/um fundo administrado pela Caixa Econômica Federal, em que a empresa deposita 8% do salário bruto do funcionário todos os meses, enquanto o trabalhador estiver empregado. Quando o trabalhador já não está mais na empresa, ela para de realizar os depósitos.

Invista seu FGTS no Tesouro DiretoInsira seu e-mail e receba nosso relatório exclusivo

Quem tem direito?

Na prática, todo brasileiro com contrato de trabalho formal (CLT) tem direito ao FGTS (além de trabalhadores rurais, temporários, avulsos, safreiros, atletas profissionais, diretores de empresas não empregados e empregados domésticos).

Onde ficam os recursos?

O dinheiro do Fundo de Garantia fica depositado em um fundo administrado pela Caixa Econômica Federal.

Quem poderá sacar o saldo?

Poderão sacar o dinheiro todos os trabalhadores que tenham uma conta inativa encerrada até 31/12/2015.

O que é uma conta inativa?

As contas inativas são aquelas que não recebem mais depósitos. Isso ocorre sempre que o trabalhador é desligado da empresa – seja por demissão ou vontade própria. Em caso de demissão, o valor costuma ser resgatado. Quando o funcionário sai por vontade própria, o dinheiro continua “guardado” na Caixa Econômica. Mesmo que a empresa tenha decretado falência, o trabalhador tem direito ao valor do FGTS, que foi recolhido enquanto ele estava empregado na companhia.

Como saber se tenho uma conta inativa?

Se você deixou de trabalhar em alguma empresa até o dia 31/12/2015 e, durante esse período, teve carteira assinada (CLT), é possível que tenha uma conta inativa. Clique aqui para saber se você tem uma conta de FGTS inativa.

Quando será possível resgatar o saldo da conta inativa?

A previsão é que, a partir de 13 de março de 2017, já seja possível sacar o saldo de contas inativas do Fundo de Garantia. Os locais para saque serão divulgados a partir de fevereiro de 2017.

Prepare-se para ter ganhos reais e lucrar com o saldo do Fundo de Garantia.

Os melhores investimentos para aplicar o seu saldo

Não faça loucuras com seu dinheiro e, por favor, não o deixe na poupança, onde ele será corroído pela inflação.

É importante buscar aplicações que paguem mais do que a poupança e, ao mesmo tempo, sejam seguras.

Com essas características, acreditamos que títulos do governo são uma ótima opção de investimento, em especial o Tesouro IPCA+ (NTN-B).

Esse título possui rentabilidade pós-fixada vinculada à variação da inflação (IPCA), acrescida de juros prefixados definidos no momento da compra.

Os títulos Tesouro IPCA+ hoje são negociados com taxa de retorno prefixada a partir de 5,25% ao ano + a variação da inflação (IPCA).

Essa taxa prefixada é chamada de “juro real”, pois representa a rentabilidade da sua aplicação acima da variação da inflação.

E esse retorno real oferecido hoje pelo Tesouro Nacional ainda é atrativo, um dos maiores do mundo. Nos países desenvolvidos, esse valor é próximo de zero ou até negativo.

Como base de comparação, em janeiro de 2013, essa taxa estava em torno de 4% ao ano, e a Selic estava em 7,25%.

No ano passado, a taxa prêmio do Tesouro IPCA+ 2035, por exemplo, superou os 7% ao ano.

De lá para cá, com a troca de governo, a nova equipe econômica, a redução do risco-Brasil e o aumento da confiança dos investidores, vimos esse juro real cair para 5,5% e, por consequência, os títulos se valorizarem até 65% nos últimos 12 meses. Veja a tabela abaixo:

 

Fonte: Tesouro Direto. Dados obtidos em 24/01/2017. A tabela é atualizada periodicamente no site do Tesouro Direto.

Os títulos do Tesouro podem ser vendidos todos os dias, mas, até o vencimento, o preço dos indexados à inflação oscila conforme marcação a mercado, podendo ter variações maiores ou menores que a taxa contratada.

Mantendo o título até o vencimento, você receberá exatamente a taxa de retorno contratada. Há várias opções com diferentes vencimentos que atendem a diferentes perfis de investidores. Basta escolher a que melhor atenda aos seus objetivos.

Importante lembrar que, quanto mais longo o vencimento, maior o potencial de retorno, mas também maior o risco.

Uma das grandes vantagens dessa aplicação é que você pode comprar frações de um título, a partir de R$ 30,00. Além disso, os títulos do Tesouro Direto podem ser vendidos diariamente, pois possuem garantia de recompra pelo Tesouro Nacional, com liquidez no dia útil seguinte.

A aplicação possui imposto de renda regressivo e, a partir de dois anos investidos, a alíquota passa a ser de 15%.

Títulos do Tesouro Nacional são considerados as aplicações financeiras mais seguras no mercado.

Investir no Tesouro Direto é muito simples. O problema é que os bancos não ganham muito dinheiro com essa operação, por isso não incentivam. Sugerimos utilizar uma corretora de valores independente.

Algumas corretoras nem cobram taxa. Você apenas paga 0,3% ao ano, que é a taxa de custódia da BM&FBovespa. Já nos bancos, além da taxa de custódia, também há uma taxa adicional de 0,5%. Preste atenção nesses detalhes para não perder dinheiro.

O FGTS funciona como uma “poupança forçada” para muitos brasileiros que não têm o hábito de investir. Com o Tesouro Direto também é possível fazer aplicações programadas. Essa praticidade é muito útil para quem não tem muito tempo ou não deseja fazer as aplicações periódicas.

Prepare-se para ter ganhos reais e lucrar com o seu saldo

Agora que você já sabe que seu Fundo de Garantia estava parado todo esse tempo rendendo muito menos do que a inflação, está na hora de investir em ativos que possam lhe proporcionar bons lucros.

Mas qual é o investimento mais adequado para fazer no momento?

Vimos que os Títulos do Tesouro são uma ótima oportunidade e, inclusive, foram os investimentos mais rentáveis dos últimos 10 anos.

Mas isso não quer dizer que você deve sair comprando qualquer título. Ou ainda, que deve investir todo o seu Fundo de Garantia somente em um tipo de aplicação.

O melhor a fazer é escolher as melhores opções de investimento com a ajuda de profissionais que prezem pelos SEUS interesses.

Diferentemente das aplicações recomendadas por um gerente de banco, que busca bater as metas internas do próprio banco…

Foi com esse intuito que a Empiricus foi criada em 2009. Somos a maior casa independente de análises financeiras do Brasil.

Isso significa que temos liberdade de recomendar o que acharmos melhor para nossos assinantes, sem qualquer relação com bancos, corretoras ou outras instituições.

Nosso único interesse é fazer você lucrar e aumentar seu patrimônio com segurança.

Mas que fique claro: não investimos seu dinheiro. Quem escolhe as aplicações é você, e não ganhamos nada se você investir em um ativo A ou B.

O que fazemos é enviar recomendações para que você invista melhor, ganhe mais dinheiro e, assim, permaneça conosco por muito tempo.

Para ajudá-lo a tomar as melhores decisões para suas finanças, criamos a série Você Investidor.

Quem tem acesso à série recebe relatórios exclusivos, em linguagem simples e acessível, nada do “economês” que só quem está no ramo consegue entender.

Além disso, só o assinante do Você Investidor tem à sua disposição cursos completos em vídeo, que explicam em detalhes como começar a investir e escolher uma corretora e esclarecem as diferenças entre as diversas classes de ativos.

Você pode começar com uma parcela pequena do seu FGTS fazendo aplicações mais simples e, depois, variar e alcançar lucros maiores.

Acreditamos que todos merecem ter as mesmas oportunidades de investir com o auxílio de excelentes profissionais.

Por isso, a série Você Investidor tem um preço quase simbólico, nós não queremos que o valor seja um empecilho para ninguém.

Você será o mais novo membro da série que apresenta as melhores recomendações de investimento por apenas R$ 12,90 por mês em 12 vezes.

Seguir apenas uma recomendação para potencializar os rendimentos do seu Fundo de Garantia já fará você lucrar muitas vezes o custo da série.

Mas, se mesmo assim você ainda estiver em dúvida sobre confirmar ou não este convite, segue a informação que fará você perceber que não há por que desistir.

Empiricus não se tornou a maior casa de análises do Brasil fazendo ofertas que não atendessem 100% as expectativas de seus assinantes.

Por isso, se em até 20 dias da confirmação de sua assinatura você perceber que o conteúdo não é o que o você esperava, devolveremos o seu dinheiro.

Isso mesmo, você tem 20 dias de acesso completo a todo o conteúdo e, se não quiser permanecer com a gente, devolvemos 100% do valor pago.

Você não tem nada a perder.

Comece agora mesmo a investir e a ter lucros excepcionais.

Quero receber as recomendações da série Você Investidor

Sobre a Empiricus Research

A Empiricus Research foi fundada em 2009 pelos sócios Rodolfo Amstalden, Caio Mesquita e Felipe Miranda, com o propósito de democratizar a informação financeira, para que pessoas comuns também fossem capazes de multiplicar seus ganhos e conquistar a independência financeira.

Por meio de relatórios e newsletters periódicas, levamos aos nossos leitores e assinantes informações relevantes sobre o mercado financeiro e a economia, para que eles sejam capazes de tomar decisões mais inteligentes em relação aos próprios investimentos.

Mais de 180.000 assinantes pagos e 1.700.000 de leitores recebem diariamente as melhores recomendações de aplicações que os ajudarão a multiplicar o patrimônio e conquistar a independência financeira.

Saiba mais sobre a Empiricus em nosso site: www.empiricus.com.br.

 

Não tem tempo para ler agora?

Envie o conteúdo FGTS – Onde investir o seu saldo? para seu e-mail e leia mais tarde.

*Importante: O endereço de e-mail informado deve ser válido para que você possa receber o artigo em sua caixa de e-mail, bem como nossos conteúdos gratuitos sobre investimentos.
[class^='dclk_']
[class^='dclk_']
[class*='dclk_']
[class*='dclk_']
[id^='dclk_']
[id^='dclk_']
[id*='dclk_']
[id*='dclk_']
[class^='dclk_']
[class^='dclk_']
[class*='dclk_']
[class*='dclk_']
[id^='dclk_']
[id^='dclk_']
[id*='dclk_']
[id*='dclk_']