Dezembro de 2017

Previdência – Faça seu próprio plano de aposentadoria

Compartilhe:

Caro leitor,

Você conta apenas com a previdência social (INSS) para sua aposentadoria?

Nosso objetivo é alertá-lo, para que você não dependa do governo nesta missão. Os valores atuais pagos ao aposentado brasileiro se mostram insuficientes para manter o seu padrão de vida.

E isto tende a piorar nos próximos anos. Há muito se fala sobre o rombo da previdência brasileira. É uma tragédia anunciada.

Trecho do jornal Valor Econômico

A proposta de reforma da previdência social vai criar novas regras de idade e de tempo de contribuição. A aposentadoria passa a ser concedida a partir dos 65 anos (tanto para homens como mulheres) e o trabalhador terá de ter contribuído por no mínimo 25 anos.

A nova regra valerá para homens com menos de 50 anos e para mulheres com menos de 45.

O valor da aposentadoria corresponderá a 51% da média dos salários de contribuição, mais um ponto percentual para cada ano de contribuição até o limite de 100%. Por exemplo, uma pessoa com 65 anos que contribuiu por 25 anos irá se aposentar com 76% do seu salário de contribuição.

Mas esse valor pode ser maior. Se o trabalhador continuar empregado por mais um ano, depois de completar 65 anos, vai receber o equivalente a 77% do seu salário. E essa regra vale até você atingir os 100% do salário.

O importante é você saber que, para receber seu salário integral, você terá de contribuir por 49 anos – lembrando que o valor teto do INSS é de R$ 5.189,82 (em 2016).

Como a reforma da previdência afeta profissionais como administradores, médicos, advogados e professores?

A aposentadoria pública não pode ser a primeira opção para ninguém. E muito menos a melhor delas.

Para não ficar só nas críticas (crítica não enche barriga), queremos mostrar como você pode fazer seu próprio plano de aposentadoria, começando pela Renda Fixa.

Você não precisa abrir mão do plano B (a aposentadoria pública). Afinal, ele pode se tornar um bônus.

Mas não iremos depender dos desdobramentos do governo para ter uma vida financeira equilibrada quando decidirmos nos aposentar.

NÃO CONTE TAMBÉM COM O PLANO DE SEU GERENTE DO BANCO

Um dos produtos favoritos para venda entre os grandes bancos são os planos de previdência privada; também chamados de previdência complementar, pois são complementares ao INSS.

Provavelmente você já ouviu falar em VGBL/PGBL e talvez até possua um plano de previdência privada.

Mas você sabe exatamente como este tipo de investimento funciona?

A maioria das pessoas não entende plenamente o universo da previdência privada e acaba investindo em planos ruins e/ou desenquadrados de seu perfil.

Para analisar um plano, você precisa saber antes o que é VGBL, PGBL, regime tributário progressivo, regime tributário regressivo, fundos de investimento, fundos de renda fixa, fundos multimercado, taxa de administração, taxa de carregamento…

Entenda que esse conhecimento é fundamental para não cair no papo dos gerentes de bancos.

Saiba Mais: Desvende agora mesmo o economês 

A previdência é um dos queridinhos dos bancos, pois é um produto fácil de vender aos correntistas que ajuda na retenção dos clientes no longo prazo e, principalmente, que traz um grande retorno… PARA O BANCO.

Os argumentos dos gerentes bancários envolvem o fato de que você deve pensar na sua aposentadoria e que a aplicação em previdência pode ter uma alíquota de imposto de renda menor do que outros investimentos, além da facilidade na sucessão do patrimônio aos beneficiários (não entra em inventário), da proteção contra bloqueios judiciais, da isenção de come-cotas e da facilidade na aplicação automática mensal.

Alguns desses benefícios podem fazer sentido aos objetivos do investidor, porém perdem sua atratividade se a rentabilidade do fundo for muito ruim e se incidirem altas taxas de administração e carregamento sobre os valores investidos.

AVALIE SEU PLANO DE PREVIDÊNCIA PRIVADA

Para analisar um plano de previdência, antes você precisa saber antes o que é VGBL, PGBL, taxa de administração, taxa de carregamento… Não é fácil, mas nada impossível.

Caso você já tenha um plano ou pretenda começar um, confira todos os detalhes do investimento. Nunca invista em algo que você não entende.

Muitos investidores não conseguem encontrar informações completas de seu plano de previdência, por isso, é ideal ir atrás do conhecimento e verificar em qual fundo de investimento seu plano aplica, quais as taxas de administração e carregamento cobradas, se o fundo é de renda fixa ou multimercado, qual é o objetivo do fundo e o histórico de performance (rentabilidade), além de qual regime tributário é mais adequado ao seu perfil.

Com essas informações, você poderá comparar seu investimento com outras aplicações disponíveis no mercado. E também avaliar uma possível portabilidade para outro plano na mesma instituição ou em outra.

Seguradoras independentes tendem a oferecer planos mais atrativos que os grandes bancos. Não custa nada fazer uma comparação, pois a portabilidade é um procedimento simples e comum.

Veja alguns itens importantes a analisar:

Modalidades

O plano pode ser PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) ou VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre).

O primeiro é indicado para quem faz a declaração completa do imposto de renda, pois permite deduzir até 12% da renda bruta tributável anual. No resgate, a alíquota do IR incide sobre o valor total acumulado (valor investido e rendimentos).

O segundo é mais indicado para isentos da declaração de imposto de renda ou para quem faz a declaração simples do IR. O VGBL não permite dedução da renda tributável, porém, no resgate, a alíquota do IR incide apenas sobre os rendimentos, e não sobre o total acumulado.

Custos

Taxa de administração: taxa cobrada pela administração e gestão do fundo de investimento.

Taxa de carregamento de entrada: percentual incidente sobre as contribuições, cobrado pela seguradora.

Taxa de carregamento na saída: cobrado sobre as contribuições em resgates ou em portabilidade externa. A taxa varia de administrador para administrador, podendo ser expressivamente menor em planos coletivos.

Rentabilidade

Quanto menor a aplicação inicial, maior tende a ser a taxa de administração e menor a rentabilidade, o que afeta diretamente os pequenos investidores.

PLANOS CORPORATIVOS

Para quem é funcionário de uma empresa que ofereça planos de previdência privada, esta pode ser uma boa opção.

Principalmente quando a companhia também contribui junto para o fundo (ex: colaborador contribui com 3% do salário, e a empresa também), o investidor já sai ganhando. Por ser um plano coletivo, a empresa consegue negociar taxas bem melhores com a seguradora.

Mas, geralmente, para o funcionário poder resgatar o valor contribuído pela empresa, deve ter um período mínimo trabalhado lá. Confira as condições de sua companhia e analise o plano oferecido.

Como fazer o próprio plano de aposentadoria

Sabemos da dificuldade de escolher um bom plano de Previdência e, principalmente, de encontrar informações claras que possam atender ao seu interesse.

Você sabia que a Previdência é um dos produtos que melhor comissionam o gerente do banco? Não é à toa que ele insiste tanto para você comprá-lo e nem sempre oferece o plano que te trará melhor retorno.

Mas isso vai mudar hoje, e nós vamos te ajudar.

A Empiricus é uma empresa de análise financeira independente. Não temos o rabo preso com bancos ou outras instituições.

Nosso compromisso é recomendar somente aquilo que poderá ser lucrativo e vantajoso, focando no que é importante para VOCÊ.

Temos total liberdade para analisar e indicar tudo o que tem potencial para fazer você ganhar dinheiro. Nosso foco é somente nas recomendações, para nós, não importa se você investir na recomendação A ou na B.

Nós lhe daremos todas as ferramentas necessárias para que você saiba como e onde investir, multiplicando seu patrimônio de forma segura.

Colocamos a equipe e nossa especialista em fundos de investimento, Luciana Seabra, para analisar cada um dos 2.610 planos disponíveis no mercado até encontrar algo de qualidade.

O resultado: encontramos os melhores fundos VGBL/PGBL que atendem exatamente a esse propósito.

Nenhum deles carrega os vícios dos fundos oferecidos pelos Grandes Bancos.

Você precisa garantir sua aposentadoria com renda 3x maior do que a proporcionada pelos planos convencionais.

É para isso que preparamos uma série completa que irá conduzi-lo aos melhores fundos de investimento disponíveis. Fundos DI, Renda Fixa, ações, cambiais, fundos multimercados e, é claro… os melhores fundos da Previdência Privada.

Os VGBL e PGBL mais promissores do mercado, capazes de garantir o futuro que você e sua família almejam.

Que fique claro, nosso trabalho é unicamente identificar os produtos mais rentáveis e seguros do mercado para que nossos assinantes ganhem dinheiro de verdade.

Assim, quanto mais dinheiro você ganhar, mais confiança terá nas nossas recomendações, e ficará conosco por muito tempo.

Pensando no momento em que estamos vivendo, é ideal iniciar agora um plano de Previdência e aproveitar o novo grande ciclo que está despontando.

E teremos, ao nosso lado, os melhores gestores de fundos de Previdência, para que você junte o patrimônio necessário para uma aposentadoria tranquila.

Nossa especialista Luciana Seabra é responsável pela série Os Melhores Fundos de Investimento.

Os assinantes têm direito ao Relatório Especial sobre Previdência com a lista completa e detalhada dos Melhores Fundos VGBL/PGBL.

Além de relatórios semanais de acompanhamento e vídeos que explicam o passo a passo para começar a investir.

É muito simples. Sua única tarefa será ler nossos relatórios uma vez por semana e seguir as recomendações de nossa carteira.

Não se preocupe, não utilizamos o economês complicado. Luciana explica tudo de forma clara e objetiva para que você não tenha dificuldades.

Para receber todo o respaldo a seus investimentos em fundos de Previdência – e também em fundos DI, de ações, cambiais, multimercados, entre outros –, basta efetivar a assinatura do Melhores Fundos de Investimento por uma condição mais do que especial.

Apenas R$ 12,90 por mês no plano anual, com mais 5% de desconto no pagamento à vista.

Você se lembra de ter adquirido algo tão barato em prol da sua vida financeira nos últimos anos?

Um ano de acesso para usufruir das altas rentabilidades dos fundos recomendados.

E não há risco algum em apenas conhecer o relatório. Caso perceba que essa série não se adequa ao seu perfil, oferecemos reembolso TOTAL do valor pago se a assinatura for cancelada nos primeiros 20 dias.

Mas eu posso cancelar a assinatura com direito a reembolso mesmo depois de ter acesso aos Melhores Fundos VGBL/PGBL do mercado?

Sim. Temos tanta confiança na qualidade deste conteúdo que aceitamos o risco de você cancelar a assinatura em 20 dias, mesmo com os Melhores Fundos de Previdência na bagagem.

A série Os Melhores Fundos de Investimento traz o conteúdo mais completo do mercado sobre o assunto, para você enriquecer de forma consistente com os melhores fundos.

Comece agora a garantir o seu futuro e o de sua família.

Quero assinar a série Os Melhores Fundos de Investimento

Sobre a Empiricus Research

A Empiricus Research foi fundada em 2009 pelos sócios Rodolfo Amstalden, Caio Mesquita e Felipe Miranda com o propósito de democratizar a informação financeira para que pessoas comuns também fossem capazes de multiplicar seus ganhos e conquistar a independência financeira.

Por meio de relatórios e newsletters periódicas, levamos aos nossos leitores e assinantes informações relevantes sobre o mercado financeiro e a economia, para que eles sejam capazes de tomar decisões mais inteligentes em relação aos próprios investimentos.

Mais de 180.000 assinantes pagos e 1.700.000 de leitores recebem diariamente as melhores recomendações de aplicações que os ajudarão a multiplicar o patrimônio e conquistar a independência financeira.

A Empiricus é uma casa de análises independente que não recebe nenhum patrocínio privado ou público. Seu faturamento vem exclusivamente da venda de assinaturas dos relatórios. Seus analistas são reconhecidos pela qualidade dos relatórios e pelo discurso franco e didático. São 20 opções de assinaturas disponíveis para o cliente, com recomendações desde a renda fixa até a bolsa.

Saiba mais sobre a Empiricus em nosso site: www.empiricus.com.br.

Não tem tempo para ler agora?

Envie o conteúdo Previdência – Faça seu próprio plano de aposentadoria para seu e-mail e leia mais tarde.

*Importante: O endereço de e-mail informado deve ser válido para que você possa receber o artigo em sua caixa de e-mail, bem como nossos conteúdos gratuitos sobre investimentos.
[class^='dclk_']
[class^='dclk_']
[class*='dclk_']
[class*='dclk_']
[id^='dclk_']
[id^='dclk_']
[id*='dclk_']
[id*='dclk_']
[class^='dclk_']
[class^='dclk_']
[class*='dclk_']
[class*='dclk_']
[id^='dclk_']
[id^='dclk_']
[id*='dclk_']
[id*='dclk_']