10% a 12% ao ano, sem impostos

Como eu entendo o investimento em fundos imobiliários?

Por um lado (muito atrativo), é uma renda mensal, que cai direto na sua conta, isenta de impostos. Simples e lucrativo.

Por outro, o preço das cotas flutua de forma semelhante ao preço das ações. Logo, se sua intenção é a de especular em curtíssimo prazo, fundos imobiliários não combinam.

Se as cotações flutuam, isso significa que você pode ter ganhos ou perdas de capital durante o período investido. A longo prazo, os ganhos tendem a superar as perdas pois os fundos têm contratos que corrigem a inflação e refletem a demanda crescente por imóveis de qualidade.

Obviamente, quanto melhor for sua escolha do fundo imobiliário, maiores os ganhos esperados – seja através da renda ou da valorização de capital.

A forma mais comum de se expor ao nicho é através do índice IFIX, que – assim como o Ibovespa – espelha uma média ponderada de vários ativos.

Contudo, a abordagem mais comum nem sempre é a melhor.

Nossa Carteira de FIIs – montada em conjunto por Marcio Fenelon e João Françolin – vem entregando performances sistematicamente acima do IFIX.

Escolhendo os fundos certos, o investidor consegue retornos imediatos da ordem de 10% a 12% ao ano, sem impostos. E retornos futuros ainda maiores.

A série de Fundos Imobiliários fornece novas análises a cada segunda-feira, junto ao acompanhamento mensal da Carteira de FIIs.

Nos relatórios, o leitor também encontra uma extensa lista com as métricas dos principais fundos imobiliários negociados em Bolsa.

Marcio e João pensam a geração de renda nos mínimos detalhes, produzindo dicas que vão direto ao ponto e são fáceis de aplicar.

Custa caro ignorar essas dicas, mas você pode conhecê-las em primeira mão, por meio de uma assinatura promocional de apenas R$ 9,90 ao mês.

Propus fazermos essa assinatura deliberadamente acessível neste domingo, pois a aplicação em fundos imobiliários é indicada tanto para o investidor iniciante quanto para o expert. Ninguém deve ficar de fora.

Temos assim oportunidades ao seu alcance, que rendem 10% a 12% ao ano, sem impostos.

Mesmo assim, há quem se dê ao capricho de ignorá-las, por puro desconhecimento.

Pelo bem de sua renda, espero que não seja o seu caso.

Clique aqui e assine já!

Até a próxima,

Conteúdo relacionado