Pior do mês ou melhor da semana?

Prepare-se para investir com bons retornos

Caro Leitor,

Você deve ter lido a manchete:

Ibovespa termina janeiro como o pior investimento, queda de -6,79% no mês.

Essas consolidações mensais são especialmente perigosas, pois não dão conta das nuances semanais.

A informação não bate com nossa impressão mais atualizada sobre a Bolsa.

Afinal, a última semana do mês foi impressionantemente lucrativa para o investidor em ações brasileiras.

O índice subiu +6,24% em apenas quatro dias de pregão, retomando rapidamente os 40 mil pontos.

Graças principalmente – quem diria?! – a um apartamento no Guarujá.

Sim, parece anedótico, mas assim funcionam as relações de causa e efeito no mercado financeiro.

Quando você menos espera, a reforma de um sítio em Atibaia faz seu papel preferido subir de R$ 36,56 para R$ 41,48 em poucos dias.

De repente, você dorme injuriado e acorda com um lucro de +13,45%.

Maluco, né?

Compreendemos bem essa dinâmica de Bolsa, e não achamos tão maluca assim.

Basta uma coisa para não enlouquecer: ter convicção em suas apostas.

Quanto a isso, posso lhe garantir: estamos convictos.

Talvez você se lembre de nossa tese de Virada de Mão, mais vigente do que nunca.

Espero que se lembre sim, pois os analistas financeiros precisam ser continuamente cobrados por suas recomendações.

Na referida tese, indicamos as quatro ações mais aptas a surfar a recuperação da renda variável, quando o Ibovespa negociava próximo aos 42 mil pontos.

Desde então, o índice caiu para 38 mil, despertando a impaciência em alguns leitores.

Agora que voltamos aos 40 mil, esses mesmos leitores se mostram aliviados e esperançosos.

Esse tipo de atitude, volátil, só atrapalha na tomada das melhores decisões em Bolsa.

O sujeito irriquieto sempre acaba vendendo na baixa e comprando na alta. É o perdedor por natureza.

Enquanto isso, os ganhadores comem quieto.

Sem fazer alarde com baixas e altas momentâneas, seguimos convictos de que existem ações muito descontadas neste momento.

Está gostando desse artigo?Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos

Estupidamente descontadas.

Isso não significa que todas as ações brasileiras estão baratas.

Nem significa que as ações baratas não podem se tornar ainda mais baratas por um breve período.

Significa, apenas, que temos que ter a paciência para comprar aquilo que faz sentido, e esperar.

Podemos esperar ansiosos, fritando os miolos a cada minuto de pregão.

Ou podemos esperar tranquilos, sem pressa.

Eu prefiro a segunda alternativa.

Há muita ocultação de patrimônio por aí, que não sei quando será revelada.

Aos preços atuais, o tempo da justiça está rápido o bastante para mim.

Até a próxima!

Conteúdo relacionado