Quatro dicas para controlar a ansiedade na hora de investir

Ter ganância é ótimo, mas é preciso tomar cuidado diante da ansiedade de investir. Confira quatro dicas que irão te ajudar a não se precipitar.
Compartilhe:

Você com certeza sonha ou já sonhou alguma vez em pular algumas etapas. Seja no trabalho, nos estudos, nos esportes ou até em relacionamentos. E provavelmente, você se deu conta de que para atingir alguns objetivos, não tem jeito: não existem atalhos.

Na ânsia de ficar rico de um dia para o outro, esse investidor sai apressado, compra ativos que ele não entende, toma prejuízos, corre riscos desmedidos e, muitas vezes, nem tem coragem mais de voltar para o mercado financeiro.

Ser ganancioso é ótimo, mas você não pode perder de vista o caminho que você tem que percorrer para chegar em uma decisão financeira de peso.

Leia mais: Qual a ação para comprar agora?

Pensando nisso, eu separei hoje quatro dicas que eu considero valiosas para você não perder de vista toda vez que bater aquela ansiedade, aquele desespero de sair correndo para o mercado financeiro.

O meu primeiro conselho é que você crie o hábito de guardar dinheiro. Porque não adianta falarmos aqui de investimento se você não consegue poupar nada. E também não adianta falarmos de mercado financeiro se você está endividado. Por isso, lembre-se, mesmo que seja pouco, comece de algum lugar.

Leia mais: Guia de Planejamento Financeiro: Assuma o Controle do Seu Dinheiro

A segunda recomendação é lembrar de sempre ter uma fatia do seu patrimônio em um colchão de liquidez.

Eu sei, o rendimento é pequeno, esse dinheiro não vai render igual a outra parcela do seu patrimônio, mas é importante.

Quando você tiver uma emergência, você ficar desempregado ou tiver um problema de saúde, você vai lembrar dessa dica.

Meu terceiro toque é construir uma carteira de investimentos aos poucos.

Respeite os seus limites e conheça o seu perfil de risco. Não vá para Bolsa se você não está disposto a perder dinheiro. É importante você assimilar, inclusive reconhecer as suas próprias limitações.

E o meu último conselho é você dividir os seus investimentos por caixinhas, lembrando de ter objetivos de curto, de médio e de longo prazos, quem sabe até para uma aposentadoria.

Isso vai te ajudar a não perder de vista o porquê de você estar guardando e investindo o seu dinheiro.

Leia mais: Responda-me se for capaz

Eu espero que essas pequenas dicas ajudem você a domar melhor sua ansiedade e ganância.

Se você gostou desse vídeo, dá um like aqui no canal e compartilha aí com os seus amigos.

Conteúdo recomendado