Se você tem Bitcoin, COMPARTILHE esse absurdo!

O Bitcoin pode ser proibido no Brasil. Assista o vídeo para saber mais sobre o documento que está em discussão com os deputados federais, em Brasília.
Compartilhe:

O assunto é sério!

Se você é um entre os mais de um milhão de brasileiros que compraram bitcoin ou altcoin, você corre o sério risco de ser CRIMINALIZADO nos próximos meses.

Nas últimas semanas, este documento cujo relator é o deputado Expedito Netto, entrou em discussão em Brasília. Basicamente, o documento criminaliza qualquer troca, negociação ou armazenamento de criptomoedas no Brasil.

Esse é mais um sinal do completo retrocesso que vem acontecendo em Brasília e que agora atinge um dos mercados mais inovadores do mundo. Se você, assim como eu, acha essa medida completamente absurda, assista esse vídeo e compartilhe com as pessoas que estão próximas de você.

Há alguns anos já se discute a regulamentação das criptomoedas e sim, a regulamentação é benéfica e deve acontecer, mas o que foi proposto aqui é, pelo menos, um absurdo para esse mercado.

Leia mais: Dos ricos para os pobres

É um movimento parecido com o que aconteceu na discussão do Uber versus taxi em que queria se proibir uma das maiores inovações dos meios de transportes de hoje.

E assim como o bitcoin, o blockchain e todas as outras tecnologias no mercado de crypto vêm evoluindo para democratizar o acesso ao valor e ao dinheiro, querem simplesmente barrar esse processo. Fazendo com que voltemos anos atrás do nosso sistema financeiro.

Junto com esse vídeo, você vai encontrar um link para um abaixo-assinado que busca impedir que esse relatório siga em frente e que tenhamos, pelo menos, um debate mais aberto sobre o assunto.

Esse relatório foi publicado de surpresa e não sei quais interesses querem ser atendidos neste caso. Mas, claramente os interesses da comunidade de criptomoedas e dos avanços tecnológicos não estão sendo atendidos ou, minimamente, discutidos.

E no meio disso tudo está você, que pode ser criminalizado por armazenar, negociar ou transferir criptomoedas. Como se criminalidade já não houvesse o bastante em Brasília para os deputados se preocuparem.

Ainda falando sobre criminalização, muito se diz hoje, em Brasília, sobre o uso do bitcoin e das altcoins como meio fraudulento ou criminoso, mas vamos lembrar que toda propina que é paga lá, é paga ainda hoje com reais, com malas de dinheiro, com dinheiro na cueca.

Se esse projeto de lei for para a frente, estamos caminhando muito mais para o lado de uma Venezuela do que de um Japão, que já aceitou as moedas digitais e estão implementando como sistema de pagamento.

Repito, se você se preocupa com esse assunto, se você quer, de fato, que tenhamos mais liberdade e democracia no sistema financeiro, sugiro que acesse o link, assine o abaixo-assinado e compartilhe este vídeo com mais pessoas para que este absurdo não vá para a frente.

Se for esse o documento que vai te criminalizar, ele não vale de nada!

Conteúdo recomendado