O efeito manada nos investimentos

Efeito manada é um termo trazido do mundo animal para explicar fenômenos sociais e econômicos. Assista este vídeo e entenda esse comportamento de mercado.
Compartilhe:

Bom, no Rodolfo Responde da semana passada eu falei sobre três livros de finanças comportamentais.

Para a minha surpresa, o que que gerou mais comentários, curiosidade, foi aquele livro da capa roxa, ácido, bicicletinha, que é o “Efeito Manada”.

Talvez eu não deveria me surpreender porque o “Efeito Manada” gerou um efeito manada. Foi o que mais teve comentários.

Então, me pediram para explicar melhor aqui o que é essa parada aí de efeito manada. O que significa isso? Que é, obviamente, trazido do mundo animal para explicar fenômenos sociais e econômicos.

Assim, o homem é um animal social, e é o único animal que é mais complexo em conjunto do que separado.

Se você olhar, sei lá, para um ou para um bando de pássaros voando, o cardume e o bando de pássaros são muito mais simples de se analisar do que um pássaro sozinho, ou um peixe sozinho. O peixe faz um monte de coisa. Ele come, nada, vai para lá e vem para cá. Já o cardume, tem um comportamento mais previsível.

O homem é diferente. Ele é o único animal que, quando ele está junto com outros homens é muito mais complexo do que quando está sozinho. Isso no mercado tem efeitos dramáticos. Principalmente, naqueles fenômenos em que todo mundo decide comprar ou vender a mesma coisa.

Leia aqui: A bolha

Normalmente, nós chamamos isso de Aumento Beta, o aumento do risco sistêmico da coisa. Porque quando todo mundo está comprando ou vendendo alguma coisa, ou todo mundo está ficando muito mais rico, ou muito mais pobre. Independente de ser compra e venda, mas todo mundo está indo para um lado só. Seu risco é muito maior quando você está fazendo a mesma coisa que os outros.

Sob esse ponto de vista, eu acho que o mercado é pouco arriscado hoje, porque ninguém sabe muito bem o que fazer. Não é um mercado do tipo: “Olha, tem um candidato para 2018 que todo mundo venera, então vamos comprar Bolsa porque esse cara vai salvar o país”.

É o contrário, é totalmente polarizado. Ninguém sabe quem vai ser o candidato com mais força para 2018.

“Todo mundo sabe que a China vai quebrar, então vamos sair vendendo Bolsa”. Não, ninguém sabe. Alguns acham que vai quebrar, outros acham que está no melhor momento da história e pode ser um grande boom de commodities.

“Ah, todo mundo acha que os Estados Unidos já eram com o Trump”. Não, ninguém sabe.

Então, ninguém sabe, é bom. Ao contrário do que possa parecer, você não saber ou cada um pensar em uma coisa é um momento legal para entrar no mercado.

O momento para você sair do mercado é quando todo mundo está pensando a mesma coisa e aí vai dar merda.

É isso aí! Depois eu vou trazer mais dicas de livros também em português porque muita gente pediu. Tá bom?

Um abraço e até semana que vem!

Ah! E lembre-se de se cadastrar para receber a minha newsletter Grana Preta, semanal, toda segunda-feira.

Tem aqui um botão, para você pôr seu e-mail, receber minhas newsletters e ler essas ideias malucas.

Valeu, um abraço!

Conteúdo recomendado