Ibovespa batendo o recorde. Vamos comemorar?

Você deve estar acompanhando aí esse clima de torcida do mercado para o Ibovespa bater o seu recorde de fechamento.

Então, lá em 20 de maio de 2008 a gente teve esse recorde.

Faz quase 10 anos, e a gente está perto de bater esse recorde.

Vamos tomar um pouco de cuidado com essa interpretação, tá?

Leia Mais: Tirando o bode da sala

Porque a gente costuma pensar em recorde mais ou menos como se pensa em esportes, em uma olimpíada, num campeonato mundial, etc..

No esporte o recorde está muito ligado à imagem de dever cumprido, então quando um atleta atinge, alcança um recorde, parece que ele já treinou, já fez tudo que precisava e ali ele está só colhendo o resultado de todo esse treinamento.

Então, esse senso de dever cumprido, ele de fato não se aplica ao Ibovespa.

Quando o Ibovespa bater esse recorde nominal, superando aquele nível de fechamento de 2008, a história só vai estar começando.

Como se fosse a partida e não a chegada.

Por quê?

O Ibovespa ainda está muito barato em relação ao que ele estava naquela época.

Se você ajustar para o dólar, para a inflação, a gente está mais ou menos no meio do caminho.

E de fato esse recorde ele só vai retroalimentar o movimento de valorização do Ibovespa.

Então quando você ler sobre recorde de Ibovespa, não ache que a história acabou, que o corredor passou pela chegada e agora é hora de receber medalha.

Na verdade, essa corrida está só começando para a gente.

Valeu, um abraço!

Conteúdo relacionado