Bitcoin é uma bolha?

Saiba tudo sobre as moedas digitais e se elas podem ser um bom investimento.

Bom, eu tenho recebido muitas mensagens ao longo das últimas semanas sobre moedas digitais.

E uma delas me chamou a atenção particularmente: um leitor da Empiricus falou assim “meu, você tem que falar sobre moedas digitais. Desmistificar essa bolha, porque você é uma pessoa séria.”

Desculpe ao leitor, eu tenho aqui que reconhecer que eu gosto de moedas digitais, acho uma p* inovação, um negócio muito legal de fato e tem muita gente séria que também gosta, que leva moedas digitais muito a risca, muito a sério.

Acham que esse pode ser um negócio que tem potencial para explodir ao longo dos próximos anos.

O próprio Bill Gates, e poucas pessoas são mais sérias do que o Bill Gates, é um grande
fã de moedas digitais.

O Felipe Miranda, não é tão sério assim quanto o Bill Gates, mas também gosta bastante de moedas digitais.

Então o fato de ser sério, não ser sério… O que importa é a opinião e o fundamento.

Leia Mais: O que é Bitcoin e como investir?

Então vou explicar para você por que eu gosto desse negócio.

Primeiro, muita gente que critica as moedas digitais usa um argumento muito fácil de
que “isso aqui só pode ser uma bolha, porque até pouco tempo atrás não existia e agora, de repente, todo mundo só fala disso.

Então quem tem esse tipo de opinião não entendeu muito bem como as coisas funcionam agora no mundo.

Cinco anos atrás você não sabia direito o que era o Netflix, você não sabia direito o que era o Uber, o que era o Airbnb e agora todo mundo só fala disso.

Então, o fato de ter surgido de repente, é simplesmente um sintoma da época que a gente vive. Não é condição suficiente para você falar que isso é uma bolha ou não.

Segundo motivo: existe uma demanda por uma moeda global, por moedas globais.

“Mas Rodolfo, o dólar já não é uma moeda global?”

Mais ou menos.

O dólar é o que mais se aproxima disso, mas ele é também uma moeda local.

Ele é a moeda americana, e isso gera um monte de ‘treta’, um monte de problemas, um monte de discussão.

Então, o dólar é dos Estados Unidos e tenta ser do mundo, mas uma moeda digital de fato é de todo mundo e não é de ninguém ao mesmo tempo. Essa é uma função que apenas as moedas digitais até o momento conseguem satisfazer.

E o terceiro motivo é: uma das características mais fortes para algo se tornar uma moeda geralmente aceita, o que a gente chama de externalidade de rede. Ou seja, quanto mais as pessoas, as empresas usam uma moeda, mais outras pessoas e outras empresas querem usar também.

E nesse quesito de externalidade de rede a moeda digital é imbatível. Não tem nenhuma outra moeda com mais potencial de externalidade de rede, que é uma característica técnica, do que a moeda digital.

Então a gente tem que levar isso super a sério, um negócio bem legal.

Se você tiver mais interesse sobre o assunto para aprender ou mesmo já para investir, a Empiricus está lançando uma tonelada de conteúdos de super qualidade sobre essa questão.

É só você clicar aqui, aqui, aqui, aqui, aqui ou sei lá onde e acessar esse conteúdo que está sendo preparado por gente muito boa aqui dentro e outros gurus de moedas digitais que a gente conhece para trazer isso aqui, quente para você, na hora que você mais precisa aprender sobre o negócio.

Depois que o Netflix, o Uber, o Airbnb são conhecidos por todo mundo, a onda passou.

A gente tem que pegar esse investimento e aprender sobre isso antes que aconteça.

Valeu, um abraço e até a semana que vem!

Conteúdo relacionado