ELEIÇÕES 2018: como se proteger da volatilidade?

Conheça a estratégia que pode proteger os seus ativos da volatilidade do mercado financeiro diante do cenário das Eleições 2018.
Compartilhe:

Você está perdido quanto às eleições de 2018?

Pois é, somos dois.

As eleições do ano que vem podem ser desenhadas em dois cenários: o primeiro deles é um cenário de polarização e o segundo é um cenário de pulverização.

No cenário de polarização poderemos ter o Lula como candidato e o outro candidato seria um anti-Lula. Alguém com um perfil parecido com Jair Bolsonaro ou com Alckmin.

No segundo cenário, teremos uma pulverização de candidatos. Poderemos ter oito, dez candidatos. Uma eleição muito parecida com a de 1989, que teve Fernando Collor como vencedor. Huck, Dória, Meireles, ninguém sabe ao certo quem vai ser candidato em 2018. O jogo só vai começar a se desenrolar em maio, abril do ano que vem.

Leia mais: O Macron brasileiro

Eu, pessoalmente, acredito no segundo cenário, de pulverização. O problema aqui, é que eu vejo muita volatilidade no primeiro semestre de 2018 nesse cenário com mais candidatos.

Você que está preocupado com a volatilidade dos mercados no início de 2018, eu tenho uma estratégia que pode ser bem interessante para você.

Estou falando das operações Long & Short. O que são essas operações? O que é essa estratégia? Você monta uma operação com um par de ativos, onde um fica na ponta Long, comprada, e o outro fica na ponta Short, vendida.

E por que essa estratégia é interessante nesse momento? Porque você vai montar uma operação com um par de ativos, apostando na diferença de valorização entre eles. Ou seja, não importa se o mercado vai subir ou se vai cair. O que importa, é que a sua ponta Long – comprada, performe melhor que a sua ponta Short – vendida. Ou seja, você sai do risco de mercado e fica somente com o risco específico dos dois ativos.

A minha recomendação é que você possa montar uma carteira diversificada de operações Long & Short, onde você possa mitigar ainda mais os riscos da volatilidade do mercado no primeiro semestre de 2018.

E nunca se esqueça de ter sempre seguros na sua carteira. É importante você fazer operações Long & Short com ativos que se beneficiem da alta da moeda americana frente ao real. Se o mercado azedar, o dólar provavelmente vai se valorizar.

Um abraço! Vamos ganhar dinheiro juntos.

Conteúdo recomendado