Estratégias de Warren Buffett para avaliar valor de ações

Compartilhe:

Como é que o Warren Buffett, simplesmente lendo um relatório sobre a empresa, consegue saber se a empresa é boa para ele comprar, um bom investimento, ou se é uma péssima empresa para comprar, um péssimo investimento?

É muito fácil: o preço determina a atratividade ou não do negócio que ele olha.

Leia mais: A estratégia de Warren Buffet – Bruce Barbosa | Empiricus

Lendo um balanço, ele já sabe mais ou menos o que a empresa faz. Digamos: é uma petroquímica; é uma empresa de petróleo; é uma empresa de varejo; é uma empresa de consumo; é uma automobilística; é uma indústria.

Lendo o relatório ele sabe o tamanho da dívida da empresa, quanto a empresa gera de rentabilidade, quanto está sendo, mais ou menos, o crescimento da empresa, o potencial de crescimento futuro. E ele faz todas essas continhas de cabeça.

E tem um múltiplo, por exemplo: “ah, eu acho que essa empresa aqui vale dez vezes Ebitda”; “eu acho que essa empresa aqui vale 15 vezes Ebitda”; “eu acho que essa empresa aqui é sensacional, acho que vale até mais que isso”.

Depois que ele faz essa leitura, olha no mercado e vê o preço da ação. Digamos que a ação negocia cinco vezes Ebitda e ele achou que a empresa valia dez vezes Ebitda.

Quer dizer, tem 50% de ganho na ação. Então, ele vai no mercado e compra a ação. Simples assim.

Leia mais: Acertando a hora exata de comprar ações

Investir é muito mais fácil do que você imagina, mas talvez tenha que ganhar alguns cabelinhos brancos para conseguir fazer isso da forma tão fácil quanto um Buffett faz.

Eu ainda não cheguei lá.

Até a próxima!

Conteúdo recomendado