Carnê de Luiza Trajano não deve salvar a ação

Não perca mais tempo com o Magalu (MGLU3):

Na última segunda-feira (18), Luiza Trajano, presidente do Conselho de Administração do Magazine Luiza, gravou um vídeo com um apelo aos clientes da varejista.

Foram algumas das frases ditas no vídeo, que viralizou nas redes.

“Vão à loja, por favor.” “Vai ser no carnê. Lembra daquele carnezinho gostoso? Em prestações que você pode pagar”.

E o vídeo atraiu tanto comentários positivos quanto negativos a respeito da postura de Luiza Trajano.

Após a divulgação, as ações do Magalu “decolaram” mais de 6%, figurando entre as maiores altas do Ibovespa no dia.

Por outro lado, teve quem condenou a medida de Trajano.

Houve quem se solidarizou com a varejista, que enfrenta tempos difíceis com juros altos e inflação desenfreada, que corroem o poder de compra.


Para alguns analistas, a presidente incentivar a ida às lojas com a promessa de crédito fácil pré-aprovado é um impulso para a inadimplência.

Além disso, leva ao crédito sem qualidade e estimula o consumidor a se endividar.

Para falar o português claro, o vídeo não agradou em nada os analistas.

E talvez esse seja um sinal para que o investidor desista da ação MGLU3 e parta para alguma menos “problemática”.

Quem concorda com esse ponto de vista é Fernando Ferrer, analista da Empiricus.

O analista acredita que chegou a hora de vender a ação do Magazine Luiza e comprar uma mais atrativa no lugar.

SAIBA QUAL AÇÃO COMPRAR NESTE RELATÓRIO GRATUITO

Agora, ele está de olho em uma ação do setor de energia elétrica barata e com projeção de “gordos” dividendos em 2022.

Apesar de ter apostado na varejista no passado, Ferrer acha que há oportunidades melhores no cenário econômico atual.

CONHEÇA A AÇÃO AQUI

Na visão dele, ela é mais atrativa para o cenário do que a varejista:

No relatório disponível abaixo, Ferrer explica por que decidiu que é hora de vender MGLU3 e investir na ação dessa elétrica. 

SAIBA QUAL AÇÃO COMPRAR NESTE RELATÓRIO GRATUITO