Por que a renda fixa rende mais em agosto?

Agosto deve ser o melhor mês para os investimentos de renda fixa dos últimos cinco anos.

Isso porque ele irá reunir dois fatores que interferem diretamente na rentabilidade de títulos públicos e privados.

Por um lado, a taxa Selic deve ser ajustada novamente nesta quarta-feira, chegando a 13,75% ao ano.

A marca levaria os juros para o maior patamar desde o início de 2017, o que deve turbinar o CDI e derivados no mês.

a quantidade de dias úteis.

Por outro, uma curiosidade que poucos conhecem deve aumentar a rentabilidade dos títulos no mês:

Embora as taxas de renda fixa sejam expressas normalmente “ao ano”, na prática ela é paga por dia útil.

Logo, quando o mês tem o máximo de dias úteis, 23, como é o caso de agosto deste ano, a rentabilidade tende a ser maior.

No geral, existem duas opções.

Mas como aproveitar esse bom momento?

Para um dinheiro que precisa de liquidez e segurança absoluta, como a reserva de emergência, o ideal é apostar no chamado investimento “obrigatório” do momento.

QUERO CONHECER O INVESTIMENTO OBRIGATÓRIO

Já para o dinheiro mais para o médio e longo prazo, o ideal é buscar títulos que ofereçam maiores rentabilidades, como os oferecidos neste GRUPO VIP.

CLIQUE AQUI PARA PARTICIPAR DO GRUPO VIP

Ao se inscrever, você terá acesso, diretamente no WhatsApp, às melhores ofertas de renda fixa, todos os dias

QUERO MEU INGRESSO GRATUITO PARA O GRUPO VIP