Saiba como funciona e quem tem direito a receber

Restituição do Imposto de Renda

Após a data de declaração do IR, a Receita Federal faz a restituição do valor pago a alguns contribuintes. A restituição ocorre apenas para aqueles que pagaram mais impostos do que deveriam.

Todos os anos, a Receita devolve o valor excedente pago em impostos presentes na declaração do IR. Esse valor é pago através da restituição. 

Restituição do Imposto de Renda

Quem pode receber?

Basicamente, qualquer contribuinte que tenha pago mais impostos do que deveria tem o direito de receber a restituição do IR.

Por que é feita a restituição?

A restituição acontece pois alguns gastos declarados podem ser deduzidos no IR, e isso faz com que aconteça uma redução de impostos.

Quais são esses gastos?

Os principais gastos que podem ser deduzidos do IR são:
- Saúde
- Educação
- Alimentação
- Gastos com dependentes. 

Nesses casos, o IR é descontado no salário do contribuinte, sendo assim, o valor pago em imposto é maior do que deveria justamente por conta das deduções. 

IR retido na fonte 

Consulta da restituição do IR

O cálculo é feito pelo sistema no momento da declaração e já é possível verificar. Após o período de declaração, os lotes de restituição são liberados através do site da Receita através do CPF é possível fazer a consulta. 

O valor da restituição será depositado na conta informada no momento da declaração no período definido. 

Como receber a restituição? 

Alguns grupos de contribuintes podem ter a restituição antecipada, esses são: Idosos, deficientes físicos ou mentais e portadores de doenças graves. 

Antecipação da restituição

A restituição do Imposto de Renda é feita quando o contribuinte paga um valor excedente de impostos, mas caso ocorra ao contrário (e o valor pago seja menor do que deveria), a diferença deverá ser paga pelo contribuinte para acertar as contas. 

Atenção! 

Clique aqui e baixe o guia de Imposto de Renda 2022

Quer saber mais sobre restituição do Imposto de Renda?