Saiba quais fundos de renda fixa você deve fugir para buscar lucros com a alta da Selic

A alta da Selic é um “prato cheio” para os ativos de renda fixa porque muitos deles têm seus rendimentos atrelados ao CDI, que acompanha bem de perto a taxa básica de juros.

Seja por meio de títulos do Tesouro Nacional ou de CDBs, LCIs, LCAs, bem como através de fundos vinculados a esses produtos.

Mas, apesar dessa bonança da renda fixa com a Selic alta, é preciso escolher os ativos de forma inteligente. 

Há produtos no mercado que podem te fazer perder dinheiro na renda fixa, mesmo com a alta dos juros. 

São fundos com taxas caras e rendimentos baixos que chegam a perder até mesmo para o CDI, uma rentabilidade facilmente alcançada por qualquer investidor.

VEJA AQUI 8 FUNDOS DE RENDA FIXA PARA ‘FUGIR’

Muitos desses fundos de “perda fixa” são administrados por grandes instituições e bancos brasileiros e, por isso, recebem milhões de reais em alocações todos os meses.

ACESSE A LISTA DOS FUNDOS 'PROIBIDOS' DA RENDA FIXA AQUI

Ao invés de irem para o bolso do investidor, grande parte dos ganhos desses fundos estão indo pros cofres dos bancos que os administram, já que eles cobram taxas incoerentes com a estratégia adotada.

Se você tiver dinheiro alocado em algum deles, a recomendação não pode ser mais clara:

 resgate seu dinheiro imediatamente.

VEJA SE VOCÊ INVESTE EM ALGUM FUNDO DE ‘PERDA FIXA’

Para descobrir se você está “jogando contra” a sua vida financeira, basta clicar no botão abaixo para receber GRATUITAMENTE a lista com os 8 fundos ruins de renda fixa, selecionados pelo analista Bruno Mérola e sua equipe: 

QUERO RECEBER A LISTA GRATUITAMENTE