‘Fim de jogo’ para Petrobras?

Após queda do petróleo, analista diz o que fazer com PETR4

Na última quarta-feira (6), os preços do petróleo atingiram o menor patamar das últimas 12 semanas.

Pela primeira vez desde março, o barril chegou a ser vendido por menos de US$ 100.

Os papéis da companhia fecharam o pregão em queda e as ações preferenciais chegaram a cair -5% em 2 dias.

E quem mais saiu abalada nesta história foi a Petrobras (PETR4).

O mau desempenho da empresa acompanha, além dos preços do petróleo, a iminência de uma recessão global.

O relatório do Citibank indica que o barril pode chegar a custar US$ 65 caso essa previsão se concretize.

Isso porque a Rússia pode vir a realizar cortes retaliatórios na produção da commodity, como resposta às sanções impostas pelos EUA e Europa.

Por outro lado, um relatório do JP Morgan mostrou que os preços do petróleo podem chegar a US$ 380.

Nesse cenário de incertezas, como fica a Petrobras?

Há quem acredite que as ações PETR3 e PETR4 não valem mais a pena diante do cenário macroeconômico atual. Afinal, são muitos os riscos.

SAIBA SE É HORA DE VENDER OU COMPRAR PETR4

Já que isso permite que ela opere livre das pressões políticas desencadeadas toda vez que seus lucros se expandem.

Ao mesmo tempo, há analistas que acreditam que a queda do petróleo pode até beneficiar a Petrobras.

Mas quem está certo?

Rodolfo Amstalden, sócio-fundador e analista da maior casa de análise financeira independente do país, deu o seu veredito para as ações em um relatório gratuito.

RELATÓRIO GRATUITO SOBRE PETROBRAS AQUI

Pode ficar tranquilo, o acesso ao relatório é grátis:

Lá, o analista faz um balanço do momento da empresa e diz se, na sua opinião, é hora de comprar ou vender as ações da Petrobras.

ACESSE O RELATÓRIO GRATUITO AQUI