conteúdo patrocinado

Veja se a ação ainda é uma boa

É hora de privatizar a Petrobras (PETR4)?

Mas agora o motivo não é tão agradável.

No início do ano, foi porque a companhia reportou lucro recorde e dividendos de “brilhar os olhos” dos acionistas.

A Petrobras não sai dos holofotes.

conteúdo patrocinado

A medida veio como uma tentativa de corrigir a defasagem em relação ao mercado internacional.

Há alguns dias, a petroleira anunciou o reajuste de preços dos combustíveis e desagradou alguns governantes e, é claro, os consumidores.

conteúdo patrocinado

Agora a questão é: será que é possível conciliar os interesses do governo e do mercado?

Mas, mesmo com a correção, a gasolina e o diesel ainda estão baratos em relação aos preços praticados no exterior.

conteúdo patrocinado

Fora do controle da União, a empresa teria autonomia para decidir a sua política de preços.

É claro que, diante da situação, você vai pensar que a Petrobras seria melhor privatizada.

conteúdo patrocinado

Com o governo brasileiro como acionista majoritário, a Petrobras segue como uma empresa de capital misto.

Mas, infelizmente, a privatização ainda não é uma realidade para a petroleira.

conteúdo patrocinado

Nesse cenário, o investidor precisa tomar uma decisão: sabendo que a Petrobras tem como principal risco as interferências políticas, vale a pena investir?

SAIBA SE AS AÇÕES PETR4 VALEM A PENA

conteúdo patrocinado

Mas, diante dos últimos acontecimentos envolvendo a Petrobras, parece importante ter a opinião de um analista do mercado sobre o assunto.

Pode ser que você já tenha uma opinião formada, e está tudo bem.

conteúdo patrocinado

Ele tem acompanhado o caso da Petrobras e tem uma opinião formada sobre as ações.

Rodolfo Amstalden é sócio-fundador da Empiricus e analista de ações com foco em geração de renda.

SAIBA QUAL É A OPINIÃO DO ANALISTA AQUI

conteúdo patrocinado

Em um relatório gratuito, o analista respondeu se vale a pena ou não comprar ações PETR4, mesmo sabendo que o governo não deve largar “do pé” da petroleira tão cedo.

LEIA AQUI O RELATÓRIO GRATUITO SOBRE A PETROBRAS

conteúdo patrocinado