Lojas Americanas (LAME4): entenda por que essa ação é considerada uma das melhores oportunidades na Bolsa em 2021

Max Bohm entende que essa ação está barata e tem muito a ganhar com o avanço do e-commerce no Brasil; entenda os motivos.
Lojas Americanas (LAME4): entenda por que essa ação é considerada uma das melhores oportunidades na Bolsa em 2021

Quem apostou no e-commerce saiu vitorioso de 2020. O isolamento social na pandemia forçou a população a priorizar as compras online, acelerando um movimento de digitalização do varejo. Não foi à toa que as ações de varejistas como Magazine Luiza ou Mercado Livre tiveram uma rápida recuperação na bolsa após o tombo dos mercados em março. 

Uma ação do segmento, no entanto, ficou para trás (e isso é excelente para você). A Lojas Americanas (LAME4) até valorizou entre março e julho, mas depois seu preço voltou a desabar (veja gráfico abaixo).

Fonte: Yahoo Finance

O Max Bohm sente um cheiro de oportunidade aí, já que não vê motivos para justificar essa queda recente. Na sua visão, a Lojas Americanas é uma das Melhores Ações da bolsa para 2021. 

“A ação desvalorizou mais de 30% nos últimos quatro meses de 2020, sem qualquer motivo que fundamentasse essa queda. Sinônimo de oportunidade que eu não quero perder”, afirmou o analista ao indicar a ação em dezembro para os assinantes da Empiricus. 

Veja o que o Max disse no vídeo abaixo sobre o potencial da ação das Lojas Americanas:


O que é que a Lojas Americanas (LAME4) tem?

Fundada no Rio de Janeiro em 1929, a Lojas Americanas é uma gigante do varejo com mais de 1.700 lojas físicas espalhadas pelo Brasil. Ela também é controladora da B2W, empresa que engloba as marcas Americanas.com, Submarino e Shoptime). A B2W é vice-líder do e-commerce brasileiro, com 22% de participação de mercado, atrás apenas do Mercado Livre.

O grupo também é dono da plataforma AME, que oferece soluções de pagamento e fidelização. Recentemente, criou uma empresa de logística, a Let’s, que atua na otimização e integração de estoques.

A Lojas Americanas é controlada pelo 3G Capital, um dos grupos empresariais brasileiros mais bem-sucedidos. Ou seja, comprar ações da Lojas Americanas significa ser sócio do trio formado por Jorge Paulo Lemann, Beto Sicupira e Marcel Telles, que também são donos da AB Inbev e do Burger King. 

QUERO ACESSAR A LISTA DAS MELHORES AÇÕES DA BOLSA PARA 2021

Como está o resultado?

Nos últimos dez anos, a Lojas Americanas registrou um crescimento anual de vendas acima de 8%. Se olharmos apenas os nove meses de 2020 em comparação ao mesmo período do ano anterior, a expansão chegou a 13%, impulsionada principalmente pelas vendas nas plataformas digitais.

No ano passado, 46 milhões de pessoas compraram nos canais físicos e digitais da Lojas Americanas. Foi uma adição de 10 milhões de pessoas em apenas um ano na carteira de clientes. 

Para buscar esse crescimento, a empresa precisou investir em logística e na ampliação do seu portfólio de produtos. A empresa abriu 22 centros de distribuição no Brasil e está trazendo mais produtos ao site via marketplace (sites parceiros). 

Esses fatores foram essenciais para os resultados do ano passado. O GMV (Gross Merchandise Value) da empresa - que é basicamente a relação entre o número de produtos vezes o preço dos produtos -, aumentou em 25%, saindo de 20,9 bilhões nos nove primeiros meses de 2019 para 26,2 bilhões no mesmo período de 2020. 

Isso significa que a empresa ofereceu mais produtos e aumentou o ticket médio do consumidor. Com isso, a receita aumentou 19% nos nove primeiros meses de 2020.

Quais as metas da Lojas Americanas para 2021?

É importante que você saiba que a Lojas Americanas começa 2021 capitalizada. Sua relação dívida líquida pelo Ebitda, que é o que mede a alavancagem financeira de uma empresa, está negativa. Segundo dados do terceiro trimestre de 2020, ela tem caixa líquido de R$ 5 bilhões, um número que pode fomentar investimentos e aquisições.  

No plano estratégico da empresa para 2021 estão previstas iniciativas para viabilizar o crescimento da empresa e avançar no processo de digitalização. Confira algumas metas:

  • Integração entre as redes de varejo.
  • Entregar mais rápido
  • Expandir base de clientes
  • Aumentar a frequência de compra
  • Investir em tecnologia e inovação

LAME4 está barata

Na visão do Max Bohm, a LAME4 é uma assimetria da bolsa. E isso é ótimo para você. Afinal, tudo que o investidor deseja é encontrar na bolsa boas empresas valendo menos do que o seu preço justo.

Se você for comparar com outras empresas no mesmo segmento, como a Magazine Luiza (MGLU3) e o Mercado Livre (MELI34), podemos observar que todas tiveram uma queda logo no início do ano de 2020, porém ocorreu uma recuperação rápida e hoje elas valem mais do que antes da pandemia. 

Mas as ações da LAME4 após essa alta, seguiram um movimento fora do padrão. Para Max Bohm, não há nenhum motivo plausível para isso. Ou seja, hora de comprar.

Essa não é a primeira vez que o Max Bohm recomenda a LAME4. No final de 2016 ele indicou a compra do papel e em outubro de 2017 a sua venda. Quem seguiu sua recomendação daquela vez, lucrou 19,18%. Dessa vez, a projeção de ganhos com a ação é ainda mais animadora.

Na série As Melhores Ações da Bolsa, o Max estima o preço-alvo da ação das Lojas Americanas e ainda traz mais 18 recomendações de ações que estão “no ponto” para comprar. Na visão dele, essas são as melhores oportunidades na bolsa em 2021. 

Não aposte todas as fichas

É claro que investimentos passados não são certezas para investimentos futuros e uma boa carteira é composta por mais do que apenas um ativo. Nenhum analista sério recomenda que alguém invista em uma única ação. Isso é irresponsabilidade. 

Por isso, o Max sugere uma carteira com 18 ações (sim, uma delas é a Lojas Americanas). Na sua visão, essa é a melhor forma de você se posicionar em bolsa neste momento. Mas se você estiver começando e não estiver preparado para comprar 18 ações, o Max separou neste documento as cinco principais ações da carteira. 

Ao final dele, você também terá acesso a um link para desbloquear uma degustação de sete dias gratuitos da série As Melhores Ações da Bolsa. Lá você vai encontrar o conteúdo completo do Max, a lista de todas as indicações e muito mais. Veja só:

  • Acesso ao curso “Acumulador de Fortuna”
  • Avisos sobre o ponto de compra e de venda de todos os ativos
  • Plantão de dúvidas com o Max
  • Publicações semanais com indicações de investimentos
  • O e-book “Gurus - Enriqueça com ações” gratuito
  • “Day one Pro”: A newsletter mais lida de todo o mercado financeiro

Você pode continuar a seguir o Max após o período de degustação por apenas R$5,00 ao mês. Um valor muito pequeno, comparado com os seus possíveis lucros.

Se por algum motivo você quiser cancelar sua assinatura após o período de teste, é só pedir o reembolso integral pelo telefone 4003-3117. 

QUERO ACESSAR AS MELHORES AÇÕES DA BOLSA POR SETE DIAS SEM COMPROMISSO

Se você ainda está aqui e tem dúvidas... Max Bohm é um dos maiores nomes do mercado financeiro. Quem investiu na série As Melhores Ações da Bolsa desde a sua criação, em 2014, mais que triplicou seu capital. Sugiro fortemente que você ao menos espie o conteúdo do Max por sete dias sem compromisso.