Livro “Tudo sobre o Déficit Público” mostra que o equilíbrio orçamentário é essencial para o Brasil prosperar

Um país não prospera em termos sociais e econômicos sem ter equilíbrio orçamentário. Essa é a premissa que levou Fabio Giambiagi a escrever o livro “Tudo sobre o Déficit Público – O Brasil na encruzilhada fiscal”. Em um momento em que a questão fiscal assombra o país, a obra se torna uma leitura essencial para […]

Compartilhar artigo
Data de publicação
17 de setembro de 2021
Categoria

Um país não prospera em termos sociais e econômicos sem ter equilíbrio orçamentário. Essa é a premissa que levou Fabio Giambiagi a escrever o livro “Tudo sobre o Déficit Público – O Brasil na encruzilhada fiscal”. Em um momento em que a questão fiscal assombra o país, a obra se torna uma leitura essencial para investidores que querem entender melhor sobre os perigos do déficit público para os ativos ‒ e para o Brasil. 

A carreira de Giambiagi é uma prova de que ele é a pessoa certa para falar sobre o tópico. Economista do BNDES, colunista e ex-professor da UFRJ e da PUC Rio, ele é considerado um dos maiores especialistas brasileiros em Finanças Públicas e Previdência Social. 

O economista participou do podcast Resenha Empiricus, comentando seu novo lançamento “Tudo sobre o Déficit Público”. No episódio, Fabio Giambiagi fala sobre as contas públicas, o processo de escrita do livro e os desafios que o Brasil precisa enfrentar.

Entre 1985 e 2010, o Brasil foi capaz de restabelecer a democracia, controlar a inflação e obter avanços sociais. Depois de todos esses avanços, equacionar a dívida é a “tarefa pendente” do país, segundo o economista do BNDES.  

No livro, o autor explica as raízes e composição do déficit público de uma forma didática, com gráficos explicativos, que não tornam a leitura maçante ou extremamente técnica. “Ali o leitor interessado encontrará um exame detalhado das contas públicas desde 1991, quando passamos a ter estatísticas mais ou menos compatíveis com as atuais”, diz o autor em artigo de O Globo, jornal no qual é colunista. 

“Tudo sobre o Déficit Público” mostra que entender sobre as contas públicas não é tarefa exclusiva dos economistas, uma vez que o orçamento tem a ver também com escolhas políticas e hábitos culturais. 

O livro apresenta um desafio hercúleo: colocar o Brasil no rumo adequado de forma politicamente viável, socialmente aceitável e economicamente consistente. A primeira etapa para cumprir essa tarefa tão árdua é justamente explicar com clareza e transparência o que está por trás do (des)equilíbrio orçamentário. Neste ponto, a obra de Giambiagi traz uma contribuição significativa. 

No podcast Resenha Empiricus, o autor também reforça que o ajuste fiscal é um processo longo e pode ser um pouco dolorido no início, mas os resultados são satisfatórios. “Não dá pra imaginar que você toma uma medida hoje e seis meses depois, está todo mundo feliz, com mais dinheiro no bolso”, diz.

“Tudo sobre o déficit público” é livro essencial para ler antes das eleições de 2022

Em artigo publicado no Brazil Journal, Fabio Giambiagi foi bem claro quanto ao seu objetivo de publicação do livro: “Estou lançando ‘Tudo sobre o Déficit Público’ com a intenção de tentar influenciar o debate sobre a questão fiscal para as eleições de 2022.”

A preocupação com o equilíbrio orçamentário deve ser pauta importante para qualquer candidato que decidir participar do pleito do ano que vem. Afinal, o risco fiscal ameaça não só os investimentos estrangeiros no Brasil e os próprios ativos da B3, como também tem impactos sociais. 

Em resumo, “Tudo sobre o Déficit Público” dá uma base bem fundamentada sobre uma das questões mais importantes para qualquer nação: as contas públicas. Além de ser um livro que te ajuda a entender melhor o noticiário, ele também pode ser essencial para avaliar decisões políticas.

Resenha por Priscila Vieira.