Tela Azul

Resultados corporativos nos EUA, NFTs e bear market dos criptoatiavos; confira neste episódio do Tela Azul

Temporada de resultados nos EUA decepciona com os números das big techs; criptoativos sofrem desvalorização por conta de fatores externos

Compartilhar artigo
Data de publicação
11 de fevereiro de 2022
Categoria
Tela Azul

Neste episódio do podcast Tela Azul, os analistas de investimentos da Empiricus, Vinícius Bazan e Richard Camargo, comentam sobre a temporada de resultados corporativos nos EUA.

Segundo ele, os bancos foram esquecidos pelos investidores e big techs, como Meta (antigo Facebook), vem decepcionando. 

Os fatores macro que estão mexendo diretamente com o preço dos criptoativos foram outro destaque do bate-papo.

No terceiro episódio do ano, Bazan abriu espaço para um tema em alta: os NFTs (Non-Fungibles Tokens, ou em tradução livre tokens não fungíveis). O analista explica o conceito, o potencial dessa ferramenta no meio digital e cita alguns exemplos de exposição nesse mercado.

Fora isso, Richard Camargo puxa o assunto para as taxas dos grandes bancos e se demonstra um crítico das cobranças exorbitantes impostas aos usuários. Assunto que é seguido pela discussão em torno das fintechs.

Um resumão desse episódio do Tela Azul, o qual vale a pena ouvir. Então, sobe o som: